"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

segunda-feira, dezembro 29, 2008

Barbárie sim, mas de quem???



Que seja apenas mais um enfrentamento, mesmo que o mais violento!!
Que seja apenas mais um conflito esporádico, mesmo mais intenso entre um estado artificial ocupante criado e alimentado militarmente, cardado, bruto e assassino, e patriotas palestinianos (filistinaeh), que controlam o território de Gaza desde Junho de 2007 depois de ELEIÇÕES LIVRES e legais.

Que o Hamas seja o desafio – que não se pretendam curvar a Israel.

Dura há sessenta anos o martírio!
Dura há sessenta anos o calvário de um povo inteiro que vê os seus filhos morrerem por "efeitos colaterais" perante a hipocrisia de uma Comunidade Europeia sem excrúpulos e cobarde, que como Pilatos lava as mãos e vira a cara para o lado.

Pior ainda; vê-se atraiçoado pelos seus irmãos de sangue; os árabes, sejam eles Egípcios, Jordanos, Sauditas, que vendera a alma.
Não se pede resposta militar, apenas apoio a quem foje! É no mínimo a atitude humanitária que poderia restar e que deveria ser obrigatória!


(foto PressTV)


Oxalá que um dia não sejamos nós próprios sujeitos aos "efeitos colaterais" de quem, com profunda formação milenar e base racista apregoa ter sofrido um holocausto, mas que perante toda a Humanidade e década após década, provoca e mata descaradamente, assumindo-se como "povo eleito" e com todo o direito de tudo destruir, ocupar e escorraçar.


(foto PressTV)

Nunca pensei ver nos meus dias de vida um racismo levado a tal extremo!!
Nunca nos meus dias vividos em zonas de conflito me passou pela cabeça assistir a tais hecatombes e a tamanha barbárie.

Há quem diga, e começo a dar alguma razão a quem o diz, que realmente o Ocidente está a pagar uma factura pesada de um engano monstruoso resultante de uma II Guerra Mundial!
E realmente o Ocidente criou um verdadeiro monstro!
Pior ainda; alimenta-o sistematicamente!

1 comentário:

Renato_Seara disse...

Sabe por certo que as actuais fronteiras de israel nao sao aquelas acordadas pela ONU aquando da criaçao do estado judaico...concordo com grande parte do seu texto...acho corajoso porque vivemos numa socidade cada vez mais hipocrita que apenas condena islamicos e nunca judeus dado que este povo sera sempre vitima...podem exeterminar populaçoes privarem nas de terem acesso a condiçoes dignas de vida mas depois exigem que estes se ajoelhem perante eles!