"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

quinta-feira, setembro 29, 2016

Apesar dos lamentos.........

A pesar de los lamentos murió un Criminal llamado, Shimon Peres.
Se suele señalar con marcada hipocresía, a la hora del fallecimiento de determinado personaje, que no existe muerto malvado.
HispanTV


Apesar dos lamentos, morreu uma pessoa polémica e responsável pela morte de quase 5 milhares de Palestinianos, entre guerrilheiros mas acima de tudo de população simples e indefesa.

Há quem o considere um criminoso e que demonstre a veracidade de tal opinião. Falam por si as estatísticas, muitas vezes sonegadas à população mundial, sobre os crimes provocados pelas Forças Armadas de Israel sobre a Palestina e as suas populações. E isso sobre sua responsabilidade.

Também não se pode desmentir que foi responsável pela construção da central nuclear unicamente com fins de construir armas nucleares e nunca ter deixado que os organismos internacionais fizessem as fiscalizações respectivas.Ninguém o pode desmentir.

Tentou mas felizmente nunca conseguiu opor-se à construção das suas centrais nucleares Iranianas.

Apesar dos lamentos, das palavras sentidas como aquela máxima de que não “há um morto mau”, faleceu aos 93 anos de idade um ser controverso e perigoso, por mais que, tanto o sionismo como diversos líderes políticos e inclusive seus rivais dentro da administração Israelita, reconheçam nele um homem destacado.

quarta-feira, setembro 28, 2016

Mandem o "relatório" para o esgoto

MH17 foi abatido com ajuda da Rússia
Separatistas apoiados pela Rússia pediram e receberam o sistema de misseis terra-ar utilizado para abater o avião que voava de Amesterdão para o Kuala Lumpur em julho de 2014. Morreram 298 pessoas.
Observador 28/09/2016


É fácil e simultaneamente repugnante como se acusa hoje em dia a Rússia.

Qualquer idiota, sobre a manipulação de uma imprensa seguidista, vai no engodo destas "conclusões" retiradas a esquadro e régua em cima de uma mesa onde uns quantos pacóvios e maldosos, devidamente treinados e amestrados, concluem aquilo que é necessário concluir, por força de um cem número de sacanices importantes para "deitar abaixo" uma nação e um Povo que sozinho é muito superior a toda a imbecilidade reinante.

Vão morrer longe com as aldrabices que nos querem impingir diariamente mas antes dêem o devido caminho ao "relatório" tendencioso que andaram a fabricar; o esgoto.

sexta-feira, setembro 23, 2016

The "good intentions" of the media

Journalism based on gossip is akin to terrorism – Pope Francis-
Speaking with Italian reporters, Pope Francis warned they should be careful as one can kill a person with their tongue. This is even more so for journalists, so their work should be very professional and never based on “rumors.”
RT 23/09/2016


For those who still believe in the "good intentions" of the media, here is a sign that much "things" are rotten for reasons that fit entirely to these kind of gentlemen; journalists.

It's not enough to talk about "Press Freedom" when you trample the most basic human rights and cowardly hid behind an International Media Organizations, any of them, well known for their political views.
Enough is enough and for a long time that our tolerance to this kind of people are exceeded!


Para aqueles que ainda acreditam nas "boas intenções" dos meios de comunicação social, aqui está um sinal de que muita "coisa" está podres por razões que cabem inteiramente a este tipo de cavalheiros; os jornalistas.

Não chega falar sobre "liberdade de imprensa" quando por parte destes senhores se pisam direitos humanos básicos e estes se escondeu cobardemente atrás de Organizações internacionais de media, seja qual for, conhecidas pelas suas opiniões políticas.
Basta, porque a nossa tolerância a este tipo de pessoas começa a estar amplamente ultrapassada!

terça-feira, setembro 20, 2016

A verdade polémica.


Mariana Mortágua: a frase da polémica, os críticos, os defensores e a explicação
A bloquista começou por ser a deputada revelação na comissão de inquérito ao BES. Agora, dizem que manda no Governo. Afinal, o que pôs Mariana Mortágua no centro disto tudo? Quem a atacou e quem a defendeu?
Público 20/09/2016


"Afinal, o que pôs Mariana Mortágua no centro disto tudo"?
Fácil; ser jovem, bonita, inteligente, abraçar uma causa igual a centenas de milhar de pessoas deste desgraçado e desigual País que luta por melhores meios de vida há décadas e afirmar aquilo que todos nós sabemos, mas que devido à lusa cobardia militante não o gritamos em voz alta e a pulmões bem cheios.

Para além de propositadamente mal compreendida naquilo que disse, ainda está a ser acusada pelos terroristas da má língua e dos habituais meios media!
Ainda assim, no centro de toda esta vergonha, os menos culpados da inverosímil acusação a Mariana, talvez seja a Oposição Política (PSD/CDS).
Mas essa está a fazer o seu papel parlamentar que é sua obrigação, embora bem no fundo, caso tenham esse fundo, saibam que ela até tem razão.
O resto..........