"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

segunda-feira, outubro 01, 2012

Já não é novidade para ninguem!

Ban Ki-moon pede ao regime de Assad que tenha "compaixão pelo seu povo"
Síria acusa vários membros da ONU de apoiarem “terroristas”
O ministro dos Negócios Estrangeiros sírio, Walid Muallem, discursou na Assembleia Geral da ONU e acusou vários países de apoiar o “terrorismo” com armas e dinheiro. Nomeou os EUA, França Qatar, Arábia Saudita e Turquia e considerou uma “interferência grosseira” os apelos ao afastamento do Presidente Bashar al-Assad.
Público 01.10.2012

Já não é novidade para ninguém!

Só os distraídos, os maldosos, os mercenários, os jornalistas terroristas, adeptos e amantes da noticia de morte e aqueles que querem continuar a promover guerras em casa alheia (os conhecidos gangsters do costume), podem considerar a canalhada de assassinos que combatem e destroem a Síria, de exercito de libertação ou, paradoxo estúpido, de frentes democratas!

Vamos ver o que vai saír desta guerra que seguramente ninguem irá ganhar.

A Síria será retalhada em diferentes estados, alauitas com cristãos e kurdos de um lado.

Do outro e para castigo dos seus estúpidos apoiantes, um estado sunita governado por "democratas" da Al Ghaëda, apoiados pelos pré históricos sauditas e outros estados chupistas do Golfo (entre outros figurões bem conhecidos), com a sharia como base justiceira.

Assim aos poucos, o Ocidente que já perde influencia económica a olhos vistos, verá a sua influência política ser igualmente absorvida pelos ventos soprados a partir das novas potências onde em muitas delas conjuntos de facínoras, semelhantes àqueles que apoiados e alimentados pelo Ocidente, lutam contra Bashad, irão um dia impor as suas regras.

Por estas lados ocidentais, de acordo com a História passada e aquela que se irá escrever, não merecemos melhor, tal tem sido o mal feito durante séculos às gentes daquelas paragens.

Só não quero, nessa altura, cá estar.

1 comentário:

Nuno Gaspar disse...

Uma série de gente com responsabilidades ainda não percebeu que o "dominó democrático" de terror e fundamentalismo que promove está a derrubar pedras no sentido da sua casa, a Ocidente. Tudo indica que só compreenderá tarde demais.