"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

quinta-feira, outubro 18, 2012

A necessidade de mentir!

Organizações garantem que há milhares de desaparecidos na Síria
Desde o início da revolta contra o Presidente Bashar al-Assad, desapareceram pelo menos 28.000 pessoas na Síria, noticia a BBC depois de ter ouvido várias organizações de direitos humanos.
Público 18.10.2012


O Público já nos vem habituando a transmitir informações previamente "revisadas" sobre esta guerra na Síria.
Não conseguiu libertar-se da dependência de alguns figurões ou figuronas (como esta Alice Jay) do mundo da informação e media cuja finalidade é verem a guerra pelo lado que mais lhes interessa.

Outra razão para a UE e os USA pretenderem retirar a retransmissão dos sinais da PressTV (Irão), da RT (Rússia) e de outras que não alinham com os ditames do "xerife" pseudo todo poderoso do outro lado do Atlântico.

É que embora a visão destes outros canais alternativos seja completamente oposta, hoje ninguem nos garante (e a mim muito menos) que do "lado Ocidental" se fala mais verdade do que do outro "lado".

E vendo bem o que tem acontecido, são por demais evidentesos sinais de que muitas informações do lado Ocidental são vergonhosamente falsas.

É a necessidade de mentir, de tendenciar e sensibilizar leitores para se identificarem apenas com um lado de uma historieta que seguramente não vai fazer História.

Somos diariamente obrigados a viver com estas mentiras e a necessitar procurar outras redes media para podermos, com um mínimo de bom senso, ter uma posição mais equilibrada e o mais correcta pssível. PressTV

Valha-nos a Internet e a liberdade de consultar outras fontes para se chegar à conclusão de que poupar €1.0 diário por jornal, faz sentido!

Sem comentários: