"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

terça-feira, janeiro 27, 2009

Presidente eterno



Alberto João Jardim, 65 años, es un político fuera de lo común, que ostenta el récord mundial de permanencia en el poder por vía democrática. Nada menos que 30 años como presidente del Gobierno Regional de Madeira, entidad autónoma de soberanía portuguesa, ganando elección tras elección por mayoría absoluta. Sólo Muammar el Gaddafi acumula más tiempo como líder supremo de Libia (39 años), pero el coronel nunca se ha sometido al veredicto de las urnas.
In El Pais de Janeiro 24, 2009

O jornal espanhol El País ataca Alberto João Jardim.
Bem. No fim diz aquilo que todos sabemos, mas que nem todos têm a coragem de lhe atirar à cara (ou têm medo).
O regime político da Madeira tem todos os tiques de uma república das bananas...

Realmente já não há vontade política de olhar para a Madeira como parte de Portugal!
Por mim podem fechar a "torneira".
É que sempre fica alguma coisa (impostos) para quem, aqui no rectângulo dos "cubanos" mais precisa.
Que ele saiba (e ele sabe-o bem) que nós sabemos que tudo o que foi feito na Madeira, viadutos, tuneis, etc, etc, foi com o nosso dinheirinho, foi à nossa custa. Isso é importante para que, quando levarem com a tão desejada e berrada "independência madeirense" (mais favorável aos nossos interesses do que a eles), não se esquecerem de que andaram a mamar à conta!
Vai ser um alívio, garanto-vos!!

Sem comentários: