"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

sábado, setembro 10, 2016

Doutor, como foi possível?

Juiz Carlos Alexandre acredita estar a ser alvo de escutas, mas diz que isso não o incomoda
Em entrevista à SIC, transmitida na noite desta quinta-feira, admitiu também estar isolado na magistratura e não ter amigos entre os juízes.
Público 9/9/2016


Nunca um Juiz com tanta responsabilidade sobre processos tão complicados, deveria dar entrevistas a tal gente da imprensa.
O que eu assisti ontem na SIC deixou-me perplexo e intrigado.
Coisa esquisita, muito esquisita.

E porquê?
Em primeiro porque nunca me passou pela cabeça que um Juiz com processos tão complicados nas mãos, pudesse um dia aceitar que uma estação de televisão, não muito aconselhável, o entrevistasse.

Em segundo porque ele, Doutor Carlos Alexandre jamais necessitaria de publicitar uma eventual candidatura à Câmara Municipal de Mação.
Este senhor não precisa de entrar no obscuro mundo dos poderes quer locais quer nacionais ou outros para os quais não votamos, tal como o dos media.

Sabendo das eventuais traições, oportunidades baixas, com base em afirmações que terá ingenuamente feito, mentiras que a fervilhar nos jornais (hábito diário) a nascer contra ele e os amargos de boca que irá sofrer daqui para a frente com processos atrás de processos sobre a sua pessoa, esta atitude de falar para gente pouco aconselhável foram de uma ingenuidade flagrante. Um verdadeiro tiro no pé ou um acto de entregar o ouro todo ao ladrão!

As rasteiras e as maldades na entrevista foram evidentes.
Algumas respostas dadas, embora ingénuas, podem transformar uma pessoa de bem num ser odioso.
Basta para isso cair nas malhas tenebrosas e terroristas do poder mediático.
Para o Doutor Carlos Alexandre, neste momento, pior não poderia ter acontecido.

Sem comentários: