"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

domingo, fevereiro 14, 2016

D. Trump, o DE e os denominados "insultos".

Trump volta aos insultos.
No debate de ontem entre os pré-candidatos republicanos chamou "maior mentiroso deste cenário" e "tipo asqueroso" a Ted Cruz.
DE 14/02/2016


Vá lá DE. Mais um truque da imprensa portuguesa.
Reconheça-se que Trump excedeu-se, devido aos insultos que Ted Cruz (nada bonzinho como parece, muito pouco educado a tender para o ordinário, convém dizer) tem atirado ultimamente a Trump.
Disso pouco se lê ou ouve na nossa imprensa, habitualmente tendenciosa e a fugir para aquilo que mais lhe convém frisar.
Já sabemos.

Goste-se ou não de DT, sabemos que é bruto e não tem papas na língua.
Hoje ser assim é bom e necessário, dadas as sacanices que em nome do estuporado e maldito politicamente correcto nos têm injectado diariamente nos últimos tempos de autorizada incompetência, estupidez governativa e económica.

Para mim DT tem um mérito, entre outros, de frontalmente acusar G. Bush pelo crime, desgraça e hecatombe humanitárias que provocou no Médio Oriente com a invasão ao Iraque e o que daí resultou.

Esse crime, reconhecido como sendo provocado por G Bush e seus falcões não teve até hoje um TI, um julgamento e um castigo.

Que eu saiba estamos todos, neste preciso momento, a sofrer não só no Médio Oriente mas também na Europa, as avarias e loucuras de um ser anormal como o foi G Bush, um Presidente dos Estados Unidos da América.

Sem comentários: