"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

quinta-feira, julho 24, 2014

Canalhas. Quando não lhes convém, já contestam!!

US criticizes UNHRC over decision to investigate Israel attacks on Gaza.
The United States has criticized the United Nations Human Rights Council over its intention to investigate Israel’s atrocities in the besieged Gaza Strip.
PressTV 24/07/2014


Canalhas!
Quando não lhes convém, já contestam.

Quando qualquer "lei" se encontra escrita de modo a chama-los assassinos (que são aquilo que realmente são) já berram a sua indignação.

Quando os interesses de Povos e Nações não se alinham com os suas tenebrosas diretrizes económicas ou de rapinagem, bombardeiam sem se preocuparem se matam 100, 1.000 ou 10.000, mas desde que não deixem pedra sobre pedra, mas tudo a "Bem da Suprema e Democrática Civilização Ocidental"!

Armam-se em defensores dos Direitos Humanos, mas são aqueles que mais os desrespeitam, destroem e rasgam como se de jornais ou papel higiénico fosse.

É esta gente que não admite estar presente num Tribunal Internacional para rsponderem como criminosos de guerra e que o foram inumeras vezes.

É esta gente que paga centenas de milhar de milhão de Dollars ou €uros que alimentam Estados artificialmente criados para atingirem fins puramente económicos em áreas específicas de boas condições para os seus pirateios e roubo.

É esta maldita gente que representa o pior terrorismo da nossa massacrada Humanidade; o crime em nome de uma suposta Liberdade.

Não, bem no fim de tudo são eles os principais responsáveis desta maldita guerra entre dois povos quase iguais e que em tempos se deram bem; Israelitas e Palestinianos.

Hoje choram-se os filhos de Israel e da Palestina, mortos nesta estúpida luta fratricida, para gaudio da canalhagem Ocidental que há sessenta anos criou e alimenta toda esta sangria.

Israelitas e Palestinianos têm a sua culpa, sem dúvida; Hamas e Netaniahu.
A partir daqui vai ser cada vez mais difícil um consenso entre ambos.

Mas os piores são aqueles que subvertem toda a possibilidade de qualquer solução verdadeiramente pacífica; o Ocidente e as suas políticas de terrorismo e mentira.

Acredito que se quisessem, Americanos e Europeus resolveriam de uma vez por todas este conflito a bem de ambos os lados e de toda aquela zona.
Mas não.
Pelo que vejo e sei ainda existe por ali muito para sacar.

Sem comentários: