"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

quarta-feira, julho 16, 2014

A proibição de se dizer o que se pensa

Rihanna incendia Twitter al pedir una Palestina libre.
La cantante, que tiene 36,5 millones de seguidores, borró el mensaje ocho minutos después de publicarlo. Un amigo de la artista sostiene que todo se debió a un error.
El Pais 16/07/2014


Rihanna se ha vuelto a enredar en Twitter. Su último escándalo ha sido un mensaje que apenas ha pasado ocho minutos publicado en su cuenta,

A proibição de se dizer o que se pensa!
Isto no Ocidente dito "democrático"!

Será mais fácil aplaudir e enviar armamento para a Ucrania quando esta cai nas mãos dos nazis de Kiev, apoiados pelos ordoliberais tedescos da Angela Merkel.

Será mais fácil apoiar com armamento por "debaixo da mesa" os novos senhores fundamentalistas do ISIS, seja no Iraque ou na Síria, do que compreender os avisos constantes dos governos Persa, Sírio ou inclusive de Israel.

Será mais fácil fomentar os levantamentos ditos "populares" em Caracas, torpedeando as tentativas de encetar qualquer diálogo entre o governo da Venezuela e os gusanos a soldo do Tio Sam.

Serão de "louvar" os apoios a quem sabota sem pudor nem vergonha as relações necessárias e profícuas entre Angola e Portugal, sabendo-se de gingeira que com tais atitudes o grande perdedor será sempre este rectângulo da treta.

Etc, etc, etc!!

Enfim, um cem número de "serás" demonstrativos que isto de "civilização Ocidental e democracia Ocidental" transformou-se e não representa mais do que um dos maiores embustes do século, cujo aproveitamento tem servido para as piores atrocidades e crimes tenebrosos contra Povos e Nações inteiras, alguma vez efectuadas ao longo da História de toda a Humanidade.

Já nada nos admira quando algo de mal acontece a alguém cujo azar foi o de ir contra o estupidamente aceite, definido pela pior praga dos nossos tempos e pomposamente designada por politicamente correcto.

Que raio de sociedade esta! Tirem-me deste ossário!

Sem comentários: