"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

quinta-feira, fevereiro 20, 2014

Ukrania - Que escolha o lugar menos mau da História

Ao minuto: violência em Kiev terá feito mais de 100 mortos.
Público 20/02/2014


Ukrania - Que escolha o lugar menos mau da História, são os meus desejos a um País e um Povo inteligente que no meio de dois poderes económicos importantes se está a deixar manipular pelos canalhas do costume.

Aquilo que inicialmente parecia uma luta justa de contestação a um regime reconhecidamente corrupto, passou a partir do momento em que, tal como na Síria, se infiltraram forças fascistas, neo liberais e terroristas da UE e dos EUA, a ser uma guerra declarada do tenebroso império capitalista Ocidental encabeçado pela Alemanha, contra o poder unitário do Leste com a Rússia na liderança.

Já não está aqui em causa, se alguma vez esteve, o bem estar e a paz do Povo Ukraniano.

Isso pouco importará à canalha Ocidental que com base na perda de influência económica, política e militar no mundo através de uma maravilhosa realidade que é o aparecimento de novas potências, pretende desesperadamente afirmar-se desestabilizando um País já debilitado por enormes questões internas.

Os cobardes agem assim, atacam sempre os mais fracos.

Para além disso está a necessidade de desafiar e provocar a Rússia, País que não tem sido, com razões de sobra, simpático para a UE e o Ocidente em geral.

Se alguma razão assistisse a esta maldita comunidade europeia pelas canalhices que tem feito, essa morreria perante os evidentes apoios dados a terroristas já infiltrados em Kiev a soldo da escumalha do costume.

A continuar assim não se prevê uma solução pacífica para a Ukrania.
Longe disso.
Mas é altura de por cobro a esta atitude infame por parte do Ocidente em querer impor-se pela força e ter o direito a atitudes de desafio nas barbas dos Russos.
Para bem de um equilíbrio de partes, embora tenha muitos defeitos, oxalá Putin não o permita.
Está em causa o seu poder e uma Rússia bem longe desta imbecilidade em que se transformou a chamada Civilização Ocidental.

Sem comentários: