"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

terça-feira, dezembro 31, 2013

Jornais, jornalistas e palradores!

Vendas de jornais continuam em queda
Vendas digitais apresentam tendência de crescimento, embora em valores ainda residuais na maioria dos títulos. "Público" e Expresso são as excepções a essa regra.
Expresso online 31/12/2013


Vendas de jornais continuam em queda! Olha a surpresa!!

No meu ponto de vista, o facto dos jornais em papel estarem em decadência, não será só por razões da opção digital.
Não acredito que seja só isso.

O mais importante é o facto de a integridade jornalística ter-se irremediavelmente perdido e hoje não ter qualquer valor. E por exclusiva culpa dos senhores jornalistas!

Ontem acreditava numa imprensa de opinião Ocidental livre.
Mas com a descoberta dos embustes, mentiras, montagens, fotomontagens, plágio e escândalos que esta durante dezenas de anos induziu nos seus leitores, já não consigo distinguir quem fale mais verdade ou mente mais; se os do lado de cá que se denominam livres, ou se das novas e gigantescas centrais de media da Rússia, China, Irão ou outros países impropriamente não muito bem vistos (??) pelo Ocidente pela simples razão de que querem ser diferentes (querem e devem)!

Essa realidade foi-me trazida diariamente e felizmente pela santa internet!

Hoje consigo ver as duas faces de uma moeda; aquela que me foi injectada durante dezenas de anos e a outra que embora não seja muito melhor, responde e felizmente contrapõem-se à primeira.

Só a partir daí posso em consciência e bom senso escolher. É essa a grande e inexorável vitória do digital!

Sem comentários: