"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

quinta-feira, dezembro 19, 2013

A Maria e as suas meninas!

Queixas na Ordem contra ousadia de advogadas em vídeo para promover escritório
As cinco profissionais percorrem a Baixa lisboeta enquanto uma voz off feminina explica que a Rosário Mattos e Associados é uma "boutique law firm" vocacionada para a recuperação de crédito.
Público 19/12/2013


Vá lá, deixem-se tretas e daqueles estúpidos princípios puritanos que só em mentes cinzentas e cheias de teias de aranha podem existir:
- Elas são boas todos os dias, todas as noites, até dizer chega (raridade num País como o nosso).
- Os resultados serão sem sombra de dúvidas os melhores (ponho as minhas mãos no fogo, tal a garantia que tenho só de as ver)!
- São diferentes não no que fazem mas na "forma como o fazem". BBBOOOOAAAA (vou já pedir uma consulta)!

Ora se pelos vistos os servicinhos prestados no ramo (jurídico) em que se mexem (e bem, não duvido), só têm demonstrado resultados positivos, bom gosto e acima de tudo coragem em partir esta maldita hipocrisia lusitana e tendência em acinzentar o que de belo ainda existe neste rectângulo da treta, para quê levantar polémica com coisas tão bonitas?

Num País com Sol, Ar Puro, Mar e Gajas boas (não muitas, eu sei, mas é o que há), de que é que o pessoal está à espera para se alegrar e apoiar semelhantes condutas noutros ramos da nossa economia????

Já pensaram o bem supremo que seria para as nossas empresas, fossem elas de que ramo fossem, em investir numa publicidade deste género?
Andava o pessoal de ego levantado, alegre, pleno de energia e força, interessado no trabalho e podem ter a certeza que que os índices económicos subiam.

Mas seguramente, acima de tudo cresceria natalidade Lusitana, tão abaixo que se encontra!

Se nem isto nos alegrar e nos der incentivo, então é porque continuamos a ser um País de gente completamente rectangular e amorfa! Então devemos cá andar a mais!

Sem comentários: