"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

sexta-feira, novembro 08, 2013

Mais uma facada nas relações Portugal-Angola

Inadmissível.
As elites portuguesas ignorantes e corruptas continuam no registo que sempre usaram contra os Angolanos. Para eles, Angola é um país de corruptos, analfabetos e ladrões. O verbo utilizado vai do suave ao grosseiro. Das falinhas mansas aos gritos de ódio. Das palmadinhas nas costas à punhalada brutal e assumida.
Jornal de Angola 08/11/2013


Mais uma facada nas já bem complicadas relações Luso-Angolanas.

Alguém ou alguns seres pouco aconselháveis (para não os chamar execráveis) andam a envenenar, não sei com que finalidade e porquê, as relações entre Portugal e Angola.
Num momento em que salta à vista que quem mais tem a perder será Portugal, tudo me leva a acreditar virem precisamente de Lisboa as principais culpas deste mau estar.

Lisboa ainda não percebeu ou não quer perceber (reminiscências neo coloniais?) que Angola está numa situação de crescimento económico sem paralelo e que substitui facilmente Portugal por outra qualquer nação ávida de interferir e fazer negócio com os Angolanos.

E não venham nem com a treta da tecnologia ou da língua.
Se na primeira não temos hipóteses perante os novos candidatos à corrida angolana, Brasil, China, RAS, Holanda, Espanha, França, etc, quanto à Língua tenho neste momento a certeza que eles, os Angolanos e não só, a defendem melhor do que nós.

Já terei escrito aqui mais do que uma vez que quem na realidade tem mais a perder com o congelamento das relações é Portugal.
E ninguém me vai convencer do contrário.

Sem comentários: