"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

domingo, outubro 27, 2013

Merda! Péssima notícia; morreu Lou Reed

Morreu Lou Reed.
Estrela do rock tinha 71 anos.
Público 27/10/2013


Merda! Péssima notícia; morreu Lou Reed!
O que de melhor o Rock mundial produziu!
Estou muito triste e sinto muito!

Geórgia, para teu bem, mais longe do Ocidente!

Giorgi Margvelachvili vence eleições na Geórgia.
Encerra-se um capítulo de relações privilegiadas com o Ocidente e vai assistir-se à normalização das relações com a Rússia.
O candidato do primeiro-ministro Bidzina Ivanichvili à presidência da Geórgia venceu as eleições que se realizaram este domingo. Com Giorgi Margvelachvili encerra-se um capítulo de relações priviligiadas com o Ocidente e vai assistir-se à normalização das relações entre a Geórgia e a Rússia.
Público 2710/2013


Relações privilegiadas com o Ocidente que os atirou às cegas numa guerra antecipadamente perdida contra os Russos?
Só se fossem loucos.

Se alguém acreditava que os Russos iriam permitir que os Ocidentais, pouco apreciados para aqueles lados e com razões evidentes, "estacionassem" com todo o descaramento à porta da sua casa, enganou-se redondamente.

Pelos vistos os Georgianos tomaram consciência do embuste em que foram lançados com o aceno da cenoura Ocidental e que quase os deitou por terra devido a uma guerra provocada pelo louco Mikhail Saakachvili.
Geórgia, para teu bem, quanto mais longe deste Ocidente melhor!

Jemie Oliver, os meus parabéns!


Chef Jamie Oliver Vence Demanda Judicial Contra McDonald’s
O chef Jamie Oliver justo acaba de vencer uma batalha contra a mais poderosa cadeia de Junk Food do mundo. Uma vez que Oliver demonstrou como são produzidos os hambúrgueres, McDonald’s anunciou que mudará a receita.


Parabéns Chef Oliver pela vitória em Tribunal da Razão.
E só por obrigares esses terroristas do fast food que envenenam diariamente milhões de seres vivos levando-os a comer merda, sem saber que a comem (pois nem perguntar de que é feita a merda sabem fazer), mereces um Prémio Nobel da Justiça.

Mas tal coisa não existe, nem pode existir, caso contrário as aldrabices e canalhices de que somos obrigados a engolir e a viver, tenderiam a acabar e deste modo os lucros de uma maldita canalhada liberal/capitalista que nos controla os movimentos para seu belo prazer, tenderiam rapidamente a acabar.

sábado, outubro 26, 2013

sexta-feira, outubro 25, 2013

"Governo" da Cyrenaica?


Cyrenaica “government” unveiled
Libya Herald 25/10/2013


Os resultados daquilo a que impropriamente e estupidamente se chamou "Primavera Árabe", estão mais uma vez explicitados nesta cowboyada em que bandos de terroristas, assassinos e perfeitos piratas tomaram conta de parte de um País que quer se queira ou não, no tempo de Ghadafy estava orientado pelo menos como nação com estrutura para tal.

Depois do crime sobre o Iraque que se seguiu ao terror provocado no Afeganistão, da sabotagem à socapa na Tunísia, no intervenção vergonhosa no Egipto e no odioso crime que tem sido a intervenção Ocidental na Síria (felizmente existe a Rússia e fico-me por aqui), vem a Líbia perigosamente transformar-se num "não estado" ou antes num espaço onde bandos proclamam as suas independências a seu belo prazer e interesse.

Aparece agora a Cyrenaica "independente" com a capital em Benghazi, zona que, ao que me dizem, habitualmente se queixa de tudo mas que menos contribuí para o desenvolvimento daquilo que deveria ser a Líbia!

Esperar para ver!

França e Alemanha vão liderar negociações anti-espionagem com os Estados Unidos
Revelações de Edward Snowden marcam cimeira de líderes europeus.
As conversações entre europeus e americanos sobre o funcionamento dos serviços secretos, de modo a evitar a repetição da espionagem revelada nos últimos meses de cidadãos e responsáveis europeus por parte dos Estados Unidos, vão ser conduzidas pela França e Alemanha, que esperam conseguir um acordo até ao fim do ano.
Público 25/10/2013


Esperar para ver?
Depois de todas as antigas e recentes canalhices que os serviços secretos americanos proliferaram por esse mundo fora, custa-me acreditar que presentemente esta trampa de Europa que nos sufoca e destrói, tenha algum poder para impor o que quer que seja a alguém, muito menos às enxurradas de desgraças que nos mimoseiam do outro lado do Atlântico (Norte claro está).

Haja quem acredite nas "boas vontades" do tio sam.
Por mim que já cá ando há algum tempo, nunca lhes vi boa cara. Bem pelo contrário.

Duvido que algum dia a tenham.
Esperanças de boas acções que venham daquele lado já NEM os mais optimistas (nunca eu) as podem ter.
Vamos esperar!

segunda-feira, outubro 21, 2013

Boa tirada "Que-se-lixe-a-troika"

A manifestação de apoio à troika que acabou a mandá-la “lixar-se”.
Mentira visou atrair a atenção da comunicação social para a manifestação do próximo sábado.
Público 21/10/2013


Chapeau!
Parabéns!
Jornalistas e toda a comunicação social comidos por lorpas e palhaços. Até parecia uma caça aos gambozinhos!
Tenho de concordar que esta acção do Movimento "Que se Lixe a Troika", foi de mestre.

Inicialmente tal notícia deixou-me bastante perplexo e desconfiado.
Foi necessário recorrer a este tipo de estratagema para levar a estuporada comunicação social a ter em conta as próximas acções do movimento.

A divulgação das acções previstas para o dia 26 de Outubro, deveriam fazer parte do conjunto de notícias que a comunicação social deveria dar a conhecer.
Por razões mesquinhas e pulhices jornalísticas a que nos habituaram não o fizeram.
Nada melhor do que lhes ter sacudido uma cenourinha à frente dos olhos.
.

Why not Germany?

German Camp in Syria hosting Takfiri militants: Der Spiegel.
German media reports say Takfiri militants from Germany have gathered in Syria’s “German Camp” to fight against the Damascus government.
PressTV 21/10/2013


After Canada, England and France, why not Germany?

Cartão vermelho!

Jornal de Angola responsabiliza cúpula do Estado português por "agressão intolerável".
“A cúpula em Portugal, Presidência da República, Assembleia da República, Governo, Tribunais, tem pesadas responsabilidades no actual clima", escreve o diário, no editorial desta segunda-feira.
Público 21/10/2013


Citação do JA: "Não somos melhores que ninguém. Mas também não somos os piores do mundo, como dizem diariamente elites portuguesas ignorantes e corruptas.”

A questão aqui é que aquilo que acima se diz até é verdade.
Não são bons, verdade. Mas não são piores do que aqueles a quem acusam.
Por isso o cartão vermelho!

Já afirmei aqui no meu blog que com esta atitude de corte por parte de Angola, só há um perder: Portugal. E isto porque na miserável situação em que nos encontramos, nem sequer poderemos contar connosco próprios, quanto mais criar situações em que não poderemos sair airosamente;

E pior ainda; “Portugal já não está nas grandes obras públicas no nosso país. Não está no petróleo. Não está na transferência de tecnologias. Aí estão a China e o Brasil. Portugal parece estar apenas reduzido à chantagem e à falta de respeito. Está tudo mal e a CPLP é altamente prejudicada com isso. Assim, estão a dizer adeus à lusofonia.”

Não há dúvida que agora é que nos estão a bater forte e não existe nem força nem moral do nosso lado para responder a Angola, antiga pérola do império mas acima de tudo a terra onde trabalhei, vivi e passei os melhores momentos da minha vida.

Se há alguém que vai perder, esse será sem dúvida Portugal e mais uma vez por culpa própria!
É certo que assim, estamos a dizer adeus à lusofonia.

Leia aqui o artigo completo do JA!

O EXPRESSO, semanário dito de referência e os Cães!!!


Os cães também são pessoas, prova estudo científico
Um estudo revela que os cães têm um cérebro parecido com o dos humanos e também têm emoções.
EXPRESSO, semanário dito de referência de 21/10/2013


Realmente EXPRESSO, aonde vocês chegaram!
Para mim, cuja incompetência e imbecilidade vossa jamais me enganou, a minha relação com tão nefasto semanário, mais não passa de uma leitura enviesada pelas "gordas" no online.

Num País normal, eram exigidas provas inequívocas daquilo que o EXPRESSO escreve, assim como provas sobre o estudo (?) do inteligente girino que fez tais afirmações e em que bases científicas tal ser se baseia.

Mas como estamos a enveredar pela via canina, o problema começa a ser do EXPRESSO e não das pessoas (ou dos cães?).

Já agora e a talhe de foice, perante tanta e esfuziante "inteligência" da parte do semanário de "referência", esclareçam-me que mal vos fizeram os gatos, sempre discriminados à vista dos vossos companheiros béu, béus?

Olhem que não são menos inteligentes e até demonstram mais "personalidade".
Será por se subjugarem menos ao cão-homem (ou ao homem-cão, tal a minha momentânea dúvida)?
É que à luz dos Direitos Humanos (ou dos Direitos Humano-Caninos) isso pode ser considerado racismo, ó EXPRESSO semanário dito de referência.

sexta-feira, outubro 18, 2013

Parabens e boa sorte Camarada.

Bernardino Soares louvado por todas as bancadas no "adeus" após 18 anos
O deputado sai da assembleia para assumir a presidência de Loures. João Oliveira é o novo íder parlamentar PCP

IOnline 18/10/2013

Boa sorte Camarada Bernardino pelo teu empenho na defesa dos interesses do Povo Português no Parlamento.

Parabéns pela tua vitória nas ultimas Eleições Autárquicas para a presidência na Câmara Municipal de Loures.

quarta-feira, outubro 16, 2013

BBBBUUUUUUUAAAAAAHHHH! Halloween night!

Chinadaily 16/10/2013

Obama's Halloween night!
West Halloween night!

In my country, this night represents the complete darkness in which Portugal is due to their economic problems.
A two years ago.
It's been a long night.

terça-feira, outubro 15, 2013

Mais cedo do que esperava!

Cimeira Portugal-Angola continua marcada para Fevereiro.
Eduardo dos Santos disse que "com Portugal, as coisas não estão bem" e não há condições para parceria estratégica. Governo português mostra-se surpreendido e reafirma importância da relação estratégica com Angola.
Público 15/10/2013


Afinal o cartão vermelho foi apresentado mais depressa do que se esperava.
a questão é esta: iremos continuar a deixar uns quantos girinos e papagaios cá do burgo torpedear as relações de Portugal com Angola?
É que se assim for e no estado em que nos encontramos de tesos e falidos, só nos vamos afundar mais.

segunda-feira, outubro 14, 2013

Vo Nguyen Giap


Vietnam buries heroic general.
Vietnamese President Truong Tan Sang (front left), Vietnamese Prime Minister Nguyen Tan Dung (far right), along with leaders and soldiers, carry the coffin of the late General Vo Nguyen Giap during his funeral at the National Funeral House in Hanoi on Sunday.
Chinadaily 14/10/2013


The General who defeat the Super Power!
"Long live General Vo Nguyen Giap," people chanted, many in tears, as his flag-draped coffin passed by on a truck-drawn artillery carriage.
The procession traveled along a 40-kilometer route from the national funeral house in downtown Hanoi to the airport.

sábado, outubro 12, 2013

Yellen. Agora desenmerda-te!

Chinadaily 12/10/2013
Diálogo entre Bernanke e Yellen!
Vai, agora desenmerda-te.
Toma.
Fica com a merda que eu, Bernanke te deixei!
Nunca tive cabeça para fazer melhor!
Tu não serás melhor do que eu!
Acaba por enterrar o Ocidente!
Não tens cara nem capacidade para fazer melhor do que eu!

Porquê?
Porque tal como eu fui, fazes parte da maior canalhice humana criada pela maléfica mentalidade humana: o capitalismo!
Agora desenmerda-te!

Cartão amarelo!

Jornal de Angola diz ser necessária clarificação nas relações com Portugal
Editorial acusa Portugal de estar "pior" do que a Guiné-Bissau.
Público 12/10/2013


Infelizmente nunca ouvi, como hoje ouço por esse Mundo fora, falar tão mal de Portugal.
Não é só o JA de Angola! Oxalá todo o mal viesse só daí!

E de quem é a culpa de se chegar a este ponto descrito pelo JA?
Obviamente que a culpa não é dos outros e muito menos de Angola, onde trabalham mais de duzentos mil compatriotas nossos, auferindo aquilo que jamais conseguiriam no nosso desgraçado País.

A culpa é principalmente nossa, desde governos formados por grandes canalhas, a todos nós que deixámos destruir aquilo que nos podia e devia dár pão; a indústria, a agricultura, as pescas, a produção de bens tangíveis, uinica razão de nos dar valor acrescentado.

Convínha-nos. Veio o dinheiro da maldita UE; sentámo-nos e coçámos a pança ao Sol, a vêr futebol e a beber cerveja.

Armámo-nos em intelectuais da treta e andámos a viajar mundo fora, metendo férias a crédito para pagar viagens de autênticos milionários.

Comprámos casas primeiras, segundas, alguns terceiras, para o cão e para o gato, para os filhos nossos e das amantes que nada sabiam fazer nem queriam, quintas para férias, automóveis topo de gama, barcos, etc, etc.

Tudo feito fora, tudo fabricado na Alemanha, França, Itália, Inglaterra, Japão, etc, etc.

Tudo importado, tudo Made in Qualquer Merda, nem que fosse um raminho de salsa ou coentros. Uma verdadeira vergonha!
Consumíamos muito mais do dobro do que produzíamos!

Criámos nas nossas escolas e universidades monstros analfabetos, licenciados e doutorados em burrice, cretinice, estupidez e mesquinha arrogância que só de os ouvir falar nos apavora, nos horroriza ou dá pena.

Alimentámos uma imprensa, seja escrita, televisiva (abominavelmente pior) ou a radifónica de uma piolhice e canalhice nunca vista ao longo dos tempos.
Completamente abaixo de cão!

Ouvimos e vemos "comentadores" que mais não são do que terroristas da fala e das ideias, cuja finalidade é a de vomitarem os mais abomináveis e repugnantes pareceres políticos.

Fabricámos uma geração de "não gente", imbecis, autênticos abortos, cuja função é a de vegetar neste território onde o esforço dos poucos que trabalham torna-se titânico e impossível de se rentabilizar, tal o monstro sorvedor em que o Estado se transformou.

Tornámo-nos em subservientes protectorados de quem nos goza, o BCE, a UE, o FMI, os credores de todo o Mundo que nos exigem todo o sangue por nós produzido para o resto das nossas vidas, tal a dimensão da dívida em que, por nossa única e exclusiva culpa, nos metemos.

Não, desculpem mas realmente Angola não é culpada desta trapalhada em que nos metemos!

Não temos o direito de transferir os nossos problemas para aqueles que em nada contribuiram para o estado miserável em que nos encontramos por culpa própria.
O nosso horrorozo sistema judicial não tem moral para julgar seja o que for quanto mais políticos estrangeiros.

Neste caso e não só Angola exige respeito como Estado soberano que é! Tem esse direito! Ponto final!

Porquê?
Fácil: Não fomos nós que lhes ensinámos todas as trapalhadas através dos sentimentos colonialistas que lhes incutimos e que ainda hoje pretendemos manter?

Não fomos nós que os dominámos durante quatro séculos atropelando tudo o que se denomina "direitos humanos"?
Não fomos nós que apoiámos movimentos terroristas (ex: UNITA) que actuaram contra o Governo Angolano, gostássemos ou não dele, durante quase trinta anos e após uma guerra colonial de 10 anos?

Claro que sim que fomos.
Muito angolano inocente morreu à conta da nossa hipocrisia!

Se nos custa lêr aquilo que o Jornal de Angola escreve de nós, ponhamos a mão na consciência, aqueles que a tiverem, e que digam o contrário JUSTIFICANDO e não atirando bocas para a geral!
link para o JA

Se para já Angola nos tem mostrado cartão amarelo, ao menos tenhamos algumas cautelas para que um dia não nos mostrem um vermelho.
E garanto-vos que não serão eles que ficarão a perder!


Já agora, para que fique esclarecido informo que trabalhei e vivi em Angola antes e depois da Independência. Conheço bem aquela terra e aquelas gentes.
E por conhecer, saber e sentir o que escrevo, não admito nem recebo lições de ninguem sobre Angola!

sexta-feira, outubro 11, 2013

"Eu já vivi o vosso futuro"


" Declarações do escritor e dissidente soviético, Vladimir Bukovsky, sobre o Tratado de Lisboa

"É surpreendente que, após ter enterrado um monstro, a URSS, se tenha construído outro semelhante: a União Europeia (UE).
O que é, exactamente a União Europeia? Talvez fiquemos a sabe-lo examinando a sua versão soviética.
A URSS era governada por quinze pessoas não eleitas que se cooptavam mutuamente e não tinham que responder perante ninguém. A UE é governada por duas dúzias de pessoas que se reúnem à porta fechada e, também não têm que responder perante ninguém, sendo politicamente impunes.
Poderá dizer-se que a UE tem um Parlamento. A URSS também tinha uma espécie de Parlamento, o Soviete Supremo. Nós, (na URSS) aprovámos, sem discussão, as decisões do Politburo, como na prática acontece no Parlamento Europeu, em que o uso da palavra concedido a cada grupo está limitado, frequentemente, a um minuto por cada interveniente.
Na UE há centenas de milhares de eurocratas com vencimentos muito elevados, com prémios e privilégios enormes e, com imunidade judicial vitalícia, sendo apenas transferidos de um posto para outro, façam bem ou façam mal. Não é a URSS escarrada?
A URSS foi criada sob coacção, muitas vezes pela via da ocupação militar. No caso da Europa está a criar-se uma UE, não sob a força das armas, mas pelo constrangimento e pelo terror económicos.
Para poder continuar a existir, a URSS expandiu-se de forma crescente. Desde que deixou de crescer, começou a desabar. Suspeito que venha a acontecer o mesmo com a UE. Proclamou-se que o objectivo da URSS era criar uma nova entidade histórica: o Povo Soviético. Era necessário esquecer as nacionalidades, as tradições e os costumes. O mesmo acontece com a UE parece. A UE não quer que sejais ingleses ou franceses, pretende dar-vos uma nova identidade: ser «europeus», reprimindo os vosso sentimentos nacionais e, forçar-vos a viver numa comunidade multinacional. Setenta e três anos deste sistema na URSS acabaram em mais conflitos étnicos, como não aconteceu em nenhuma outra parte do mundo.
Um dos objectivos «grandiosos» da URSS era destruir os estados-nação. É exactamente isso que vemos na Europa, hoje. Bruxelas tem a intenção de fagocitar os estados-nação para que deixem de existir.
O sistema soviético era corrupto de alto a baixo. Acontece a mesma coisa na UE. Os procedimentos antidemocráticos que víamos na URSS florescem na UE. Os que se lhe opõem ou os denunciam são amordaçados ou punidos. Nada mudou. Na URSS tínhamos o «goulag». Creio que ele também existe na UE. Um goulag intelectual, designado por «politicamente correcto». Experimentai dizer o que pensais sobre questões como a raça e a sexualidade. Se as vossas opiniões não forem «boas», «politicamente correctas», sereis ostracizados. É o começo do «goulag». É o princípio da perda da vossa liberdade. Na URSS pensava-se que só um estado federal evitaria a guerra. Dizem-nos exactamente a mesma coisa na UE. Em resumo, é a mesma ideologia em ambos os sistemas. A UE é o velho modelo soviético vestido à moda ocidental. Mas, como a URSS, a UE traz consigo os germes da sua própria destruição. Desgraçadamente, quando ela desabar, porque irá desabar, deixará atrás de si um imenso descalabro e enormes problemas económicos e étnicos. O antigo sistema soviético era irreformável. Do mesmo modo, a UE também o é. (...)
Eu já vivi o vosso «futuro»..."


Vladiir Bukovsky

quarta-feira, outubro 09, 2013

Fazedores do Mal?

África e os fazedores do mal
Jornal de Angola 09/10/2013

(A realidade perigosa e terrorista que representam algumas ONG´s)

As cortinas de fumo que em Portugal alguns tecem para nos poderem tirar a visão catastrófica em que o nosso sistema políticoa e a nossa economia se encontram é tema de comentários pouco favoráveis por parte de alguma imprensa estrangeira.

Neste caso veja-se como nos vêem de Angola, através do JA (Jornal de Angola), jornal este que se transformou num espelho pouco favorável dos nossos comportamentos para com aquele País, onde trabalham mais de duzentos mil compatriotas nossos e onde auferem alí aquilo que jamais conseguiram em solo Pátrio.

Há que ter cuidados especiais quando nos armamos em defensores de princípios que não seguimos mas que queremos que outros, senhores do seu destino por direito, não o fazem por interesse próprio.

Barroso jamais poderia ter outra recepção!

Barroso recebido em Lampedusa com gritos de “assassino”.
Presidente da CE diz que Europa não pode "voltar a cara". Itália vai receber 30 milhões de euros para ajuda aos imigrantes.
Público 09/10/2013

Barroso e a sua seita de Bruxelas não merecem melhor tratamento do que aquele que lhes foi "oferecido" pelos habitantes de Lampedusa!

As políticas terrorista da UE, vistas do angulo vesgo por parte desta Comunidade de arrogantes falidos, mais não tem sido do que um virar os olhos ou um lavar as mãos perante as situações de injustiças sociais que os Povos dos diversos Países de África e não só, têm sofrido.

É evidente que as pessoas procuram onde podem viver melhor ou pelo menos pensam que podem viver melhor.
Mas isso seria escusado caso a Europa e o Ocidente de uma maneira geral, optasse por respeitar e não piratiar mares, terras e ares desses países em que a única felicidade existente é a esperança de um dia fugirem para uma Europa que mais não tem sido senão uma imagem virtual da maldade humana realmente aqui contida.

Barroso ouvio chamá-lo assassino.
Muita daquela gente "encaixotada" no hangar do aeroporto de Lampedusa é resultado da tiranica política de uma Comunidade de autênticos safados e gente sem pingo de Humanidade.
Assim é facil concluir estar Barroso incluido no seio desse tipo de gente, responsável pelas políticas desgraçadas não só em alguns Países Europeus mas também fora da Comunidade desavinda!
Daí a justa indignação dos habitantes de Lampedusa. Só se ficou a perder o que mais não se conseguiu dizer.

quarta-feira, outubro 02, 2013

Rui Rio e o Estado Social


"Em Portugal a Democracia não foi criada para ser uma verdadeira Democracia mas para ser aquilo que desgraçadamente somos hoje".

Rui Rio é hoje em Portugal um dos poucos Políticos com visão realista sobre aquilo que nos levou à situação em que nos encontramos: a má qualidade dos políticos deste País.

Paradoxalmente é aquele que o pior do PSD, presentemente responsável pelos destinos do Partido, tais como populistas, traidores, bajuladores, lambe botas, betinhos e jotinhas, mais atacam.
A não perder um dos discursos deste homem.