"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

sexta-feira, novembro 16, 2012

Cimeira Ibero-Americana de Cadiz


Ibero-Americana
XXII Cimeira arranca hoje na cidade espanhola de Cádis.
As delegações dos 22 países da comunidade ibero-americana começam hoje, em Cádis (Espanha), a XXII cimeira de chefes de Estado e de Governo, dominada pelos temas económicos e pelo fortalecimento dos laços empresariais entre os dois continentes.
Lusa/AO Online / Internacional
By Açoriano Oriental de 16/11/2012


A grande alternativa dos países europeus do Sul ou primordialmente de linguas latinas, em sacudir o flagelo causado por uma comunidade de angústias e medos em que se transformou a UE.

Se temos possibilidade de voltar as costas ao destino tenebroso que nos espera continuando ligados à Comunidade, a altura de começar a faze-lo é precisamente agora.

O futuro jamais estará na Europa.
Há que ver de onde sopram os novos ventos do desenvolvimento económico.

Futuros países super desenvolvidos e livres das grilhetas neo colonialistas, perfilam-se no horizonte e a América Latina (Sul e Central) serão mais brevemente do que se pensa, as próximas grandes economias, limpas e purificadas de maus vícios contraídos por uma decadente e aberrante Civilização dita Ocidental.

Chile, México, Colombia, Peru, a doce e querida Argentina, o grande Brasil, etc, etc, podem ser um centro de oportunidades para as economias doentes dos países latinos da Europa.

Portugal, Espanha, Itália, França e até a Roménia nada teriam a perder se realmente batessem com a porta (sem sequer pensar em olhar para trás) a este continente que tão mal os tem tratado.

Que a Cimeira de Cadiz seja uma das principais portas para que estes países europeus de línguas latinas encontrem alternativas concretas para a solução dos seus problemas, são os meus sinceros desejos.

Sem comentários: