"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

segunda-feira, junho 04, 2012

A Cimeira Rússia-UE



Síria no topo da agenda
Putin abre cimeira com a UE em tom frio e a evocar “barreiras”
As expectativas não podiam estar mais contidas para a cimeira entre a Rússia e a União Europeia, marcada pela firme oposição de políticas sobre o conflito na Síria. O Presidente russo, Vladimir Putin, disso deu claro sinal, com um discurso de abertura esta segunda-feira que, em tom frio, evocou as “barreiras” que diz impedirem “uma verdadeira cooperação” entre Moscovo e os países europeus.
Público 04.06.2012


É fácil perceber que com a Rússia de Vladimir Putin, a UE não consegue nem tem força de momento para impor seja o que for nesta cimeira.

Além disso não terá igualmente moral para lançar areia nos olhos da opinião pública sobre uma eventual "acção punitiva" que eu considero mais uma agressão de aventureiros mercenários, contra um estado independente sujeito a autênticos atentados terroristas de proveniência exterior e maldosamente orientados por uma comunicação social terrorista que mente sobre os reais factos e responsáveis do que está a acontecer naquele País.

É evidente que quem joga com os cordelinhos de toda esta situação serão os EUA, inquietos que estão para enfraquecer quem naquela zona do Médio Oriente, não se que quer deixar "controlar" pelo poder falido mas perigosamente armado do tio sam; estou como é óbvio, a falar do Irão.


Putin ao afirmar que não podem ser forçadas “do exterior nenhumas decisões políticas” sobre a Síria, defende para além da sua posição (o flanco sul / sudoeste da Rússia), as posições de muitos países da zona que em nada se pretendem relacionar com o Ocidente.

E eles lá terão as suas razões!
Razões que eu como Ocidental e conhecedor do Médio Oriente, também reconheço serem realistas!

É que na nossa casa, abrir a porta a estranhos ou a conhecidos de carácter duvidoso e pouco recomendável, é meio caminho andado para nos atirarem pela janela fora!

Sem comentários: