"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

quarta-feira, março 28, 2012

Os pontos de vista.

Família temia eventual profanação da campa em França
Corpo do jihadista de Toulouse chega amanhã à Argélia
O corpo do confesso jihadista franco-argelino Mohamed Merah, o qual matou sete pessoas na semana passada nas cidades francesas de Toulouse e Montauban, é esperado chegar ao final da manhã de amanhã a Argel, segundo membros da sua família.

Público 28.03.2012


Odiado (ou talvez não tanto por muitos) na França que o acolheu, lhe prometeu uma vida melhor mas que nunca cumpriu, que o colocou em ghettos nos arredores das grandes metrópoles francesas, o explorou até à medula, o insultou pela sua ascendência, o humilhou até à revolta e o matou depois de uma atitude louca de assassínios em que se demonstra não fazer sentido para a vida este mundo cão quando somos tratados como se animais fossemos.

Vai chegar à Argélia já cadáver, terra dos seus pais e familiares, como mártir, talvez como herói, filho de um Povo que lutou até à morte pela independência e pela honra de se chamar um Pais; Argélia.

Como somos tão diferentes uns dos outros e temos pontos de vista tão díspares; em França foi um assassino (???), na Argélia será um herói.

Quem terá razão?

1 comentário:

zeca disse...

Como é que é possível tanta hipocrisia e descaramento.
Eu tenho-lhe a dizer uma coisa: a minha família sempre foi pobre, os meus pais veveram em pobreza extrema, eu faço parte classe baixa ainda hoje.
Nunca nos deu para matar ninguem. Nunca nos deu para violência. Porque temos princípios.

A frança não lhe prometeu nada, mas deu-lhe muito sem pedir absolutamente nada em troca. E ainda há otários como o senhor que têm o descaramento de vir com este discurso de mal agradecido?

O senhor envergonha-me enquanto português. A sua mãe e o seu pai não lhe ensinaram bons principios? Respeitar os outros, agradecer sempre que alguma coisa lhe é dada?
Parece que não.

Porque é que não escreve sobre as vítimas?

Eu espero que um jihadista como este lhe rebenta com os filhos ou com um irmão, e depois venho aqui ao seu blog ler sobre quão coitadinho ele é.