"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

segunda-feira, novembro 29, 2010

Wikileaks



Mais de 250 mil documentos sobre três anos de diplomacia
Wikileaks põe à prova relação dos EUA com os seus aliados
29.11.2010 - 09:20 Por João Manuel Rocha
EUA alargaram espionagem de líderes estrangeiros. Revelações confirmam preocupações com Teerão e incluem pedido do rei saudita para "cortarem a cabeça da serpente" iraniana.



Tem sido com esta "gentalha" que vivemos há décadas.
Gente sem escrúpulos que assassina, rouba, invade, mente a nível Universal, favorece uma camarilha de políticos e gendarmes do crime.

Eles são os presidentes dos EUA mais as suas tenebrosas associações de investigação como o Pentágono a CIA e o FBI milhões de vezes piores que as máfias italianas ou russas.

Eles são os presidentes e PM´s da EU que caninamente segue esteira das migalhas e os restos lançados pelos primeiros.

Enganam-nos com as teorias da globalização que mais não tem feito do que aumentar o abismo entre os pobres e a maldita casta de ricos que se tem enchido no meio desta miséria de princípios que se obtiveram com a quilo aq eu se chama “democracia ocidental”.
Tudo aquilo que a verdadeira democracia traria de bom para a Humanidade, esta gentalha teve o "mérito" de conseguir através da mentira de dezenas de anos, deturpar e enganar uma Humanidade inteira.

Como é que se poderá daqui para a frente acreditar que um Bush, um Obama, um Sarkozy, uma Merkel, um nojento Nethaniau e quejandos são melhores do que um Ahmadinejad, Kim Il Sung, um Khadaffy ou até um,…………, Bin Laden?

Continuem-se a enganar aqueles que são tolos ou continuem a mentir aqueles que por interesse rasteiros, são autênticos trastes da Humanidade, porque neste momento pouco acredito que um Bin Laden seja pior do que um Bush ou até mesmo, o que me dói muito, um Obama.

sábado, novembro 27, 2010

A "burrice"



Com 9532 votos
António Marinho Pinto reeleito bastonário da Ordem dos Advogados
27.11.2010 - 07:41 Por Lusa
António Marinho Pinto foi reeleito como bastonário da Ordem dos Advogados conseguindo 9532 votos num universo de 20.521 votantes, revelou fonte ligada ao processo. Nas eleições para o triénio 2011-2013, Fernando Fragoso Marques terminou na segunda posição, com 5991 votos, seguido de Luís Filipe Carvalho, com 3666.
Público online de 27/11/2010


Há quem diga que "Os advogados entregaram novamente o poder a Marinho Pinto por “burrice”".
Bem vistas as coisas até é verdade.

Mas no fim de contas reconheçamos que, salvo raras, mas mesmo muito raras excepções, a burrice é algo que envolve esta corporação classicista, ambiciosa, petulante, arrogante, terrivelmente retrógrada e fascisante.

Não hajam pois lamentos porque as duas alternativas não seriam em nada melhores do que Marinho Pinto. Bem pelo contrário.

Infelizmente a única certeza que estas alternativas nos forneciam era o facto de se terem "vendido" a outra terrível casta; os media, representados por uma tv/imprensa acrítica, preguiçosa, ordinária, tendenciosa e sempre favorecedora de quem está no poder ou para quem lá caminha.