"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

sábado, julho 31, 2010

António Feio



"Não tive uma vida má. Fiz tudo o que queria"
por Sílvia Caneco e André Rito, Publicado em 31 de Julho de 2010 | Actualizado há 4 horas
Gostava de Porsches, guitarras eléctricas e cigarros. Nunca se achou grande actor. Dizia que queria "dar cabo do canastro ao cancro, só com humor".
Aos 55 anos, sucumbiu à luta contra o "pâncreas da treta"

in Ionline de 31/07/2010


Porque será que isto acontece aos melhores?

Porque será, havendo tanta gente maldita, a Natureza não faz uma escolha selectiva baseada na bondade, solidariedade, amizade, inteligência e todos os atributos tão rejeitados hoje em dia por esta sociedade?

Quanto nós desejaríamos que o banqueiro A, o político B, o comentador jornalístico Z, ou outros tantos tratantes da treta, num total equivalente ao número de letras do alfabeto latino, tivessem de atravessar, para nosso prazer, as agruras que uma excelente pessoa como António Feio teve de sofrer sem o merecer?

Está tudo errado!
Está tudo mal!
Lá temos de aceitar esta vida de treta!

terça-feira, julho 27, 2010

Talvez um dia ........



Caso Freeport
Sócrates: “A verdade acaba sempre por vir ao de cima”

“Finalmente”. José Sócrates começou assim a sua declaração na Residência Oficial de S. Bento para dizer que recebeu sem surpresa o fim da investigação do caso Freeport em que se concluiu não ter existido qualquer irregularidade no licenciamento ambiental do empreendimento, em Alcochete, quando era ministro do Ambiente. Nem irregularidades nem houve qualquer acusação de financiamento ilegal a partidos ou tráfico de influências, sublinhou.

In Público 27/07/2010

Sócrates: A verdade vem sempre ao de cima
In Expresso online 27/07/2010


Infelizmente mesmo assim, vamos continuar a ter os barões do costume, polítiqueiros de voo rasante, jornalistas ressabiados e mal formados, cronistas do terror jornalístico semanal do meio media, os bens conhecidos sindicalistas alapados ao poder sindical, essa camarilha toda muito bem conhecida, perfeitamente monitorizada e que tudo fez para destruir uma pessoa, por acaso um 1º Ministro eleito democraticamente, goste-se ou não dele.
Foi quase um golpe de estado preconizado por estes indivíduos sem escrúpulos (para utilizar a palavra de um girino sindicalista bem conhecido).

Nem assim, com mentira e ofensa sem sentido, conseguiram levar a deles avante.
Se houver alguma justiça, talvez um dia venham a ter aquilo que merecem.

domingo, julho 25, 2010

Barbárie na UE; tudo indecentemente humano!!



Acidente de ontem.

Mortes da Love Parade sobem para 19. Testemunhas culpam má organização
Os sobreviventes do acidente de ontem na Love Parade, em Duisburg, na Alemanha, a marcha pela paz e direitos gay que começou em 1989 e se tornou num mega-festival de música electrónica, culpam a má organização pelo número de mortes que já chega aos 19.
Público 25/07/2010


Quatro estrangeiros entre os mortos na "Love Parade"

Ionline 25/07/2010

Mais tarde ou mais cedo viria a acontecer.
Fenómenos destes eram previsíveis.

Uma Europa em decadência acelerada, está a entrar alegre e sorridente numa nova fase de barbárie, de atraso cultural, intelectual e pior ainda, económico.

A ausência de princípios, de motivações, de humanismo, de solidariedade, dá na alarve, estúpida e desumana declaração de um qualquer homossexual anormal que teve a lata e o desplante de afirmar; “Vi mortos no túnel... No fim, fui dançar para descomprimir”!
Causa náuseas e revolta tal afirmação!


Isto é o princípio (e desejado, digo eu) de um fim anunciado para um continente sem eira nem beira, à deriva das suas próprias atitudes anómalas e acima de tudo da sua mesquinha arrogância, egoísmo e falta de solidariedade para com os outros.

Com o aparecimento de outros pólos de desenvolvimento, noutras partes do Globo que quer se queira quer não ditarão as leis, o desenvolvimento económico e cultural no Mundo, restará sem dificuldade nem piedade relegar este demente e velho continente, conhecido por Europa, para o caixote das lembranças daquilo que em tempos foi; o Continente das Luzes.

No fim, cada europeu pelo que procurou tem aquilo que merece, seja alemão de botas cardadas, latino senhor de natural e secular estupidez ou inglês de arrogância mesquinha!

Tudo indecentemente humano e .......... Europeu!!!!

Magalhães made in Angola


Angola também vai produzir computadores Magalhães.
In Angola Digital de 25/07/2010
Duzentas mil unidades por ano, numa fábrica que vai ser construída neste país africano, o que representa uma parceria entre o Governo português e angolano.

Para quem tanto mal falou do Magalhães, disse cobras e lagartos, quase transformou em heresia o simples acto de adquirir um computador Magalhães, aqui está mais uma prova que aquilo que por maldade e má fé se desdenha, simplesmente por estupidez, pode e é aproveitado por outros, de sentido mais perspicaz e maior bom senso.

Angola, mesmo saída de uma guerra fratricida que a deixou "nas lonas", só nos tem dado lições de como as coisas podem ser bem feitas e em menos tempo, com base numa organização e numa vontade de progredir não muito bem aceite e habitual cá pelo burgo ex-colonizador.

Quer se queira quer não, ainda vou ter o prazer de ver alguns "inteligentes" cá da tugaria apanharem uma valente indigestão devido ao veneno que andaram a produzir.
Enquanto isso não acontecer, não descansarei.

sábado, julho 24, 2010

Marines Russos, trabalho limpo


Trabalho limpo.
Limpo e conclusivo.
Sem espinhas e com resultados garantidos num futuro próximo.
Quem sabe a médio e a longo prazo.

São marines Russos e não estiveram com medidas "paleativas" quanto aos piratas Somalis que se aventuraram a atacar um barco cargueiro Russo.
Depois do "tratamento" respectivo, ataram os gajos, mandaram-nos despir, amarraram-nos, minaram o barco pirateiro e,............., BBBBUUUMMM.

Estes nunca mais vão procurar barcos com pavilhão Russo.
E vão servir de exemplo a muitos outros que se queiram aventurar.
Fugir deles vai ser como o diabo foge da cruz.

Grandes males tratam-se com grandes e radicais métodos de intervenção e com estes Russos não se pode brincar.

Vejam o vídeo que vale a pena.

Condenação da Trafigura! Sabe a pouco.



Tribunal holandês aplica multa de um milhão de euros à empresa Trafigura

Multinacional condenada por exportação ilegal de resíduos para a Costa do Marfim

A empresa Trafigura, uma das maiores multinacionais do comércio de petróleo, foi ontem multada em um milhão de euros por ter, em 2006, exportado ilegalmente resíduos perigosos para a Costa do Marfim, onde a sua deposição sem controlo afectou milhares de pessoas. A multa foi decidida por um tribunal holandês, que julgou os factos relacionados com a passagem do navio Probo Koala, fretado pela Trafigura, por Amesterdão.
In Público de 24/07/2010



Gosto imenso de tomar conhecimento destas notícias. O facto de saber que uma “empresa” multinacional, sem rosto, terrorista do ambiente e com o princípio base do capitalismo selvagem e desumano que por si só e por definição comporta, confesso que me faz sentir extremamente feliz.
Bem sei que é pouco.
Para este tipo de organização mafiosa e capitalista, será relativamente baixa a pena em questão, ainda por cima se o compadrio nas elevadas esferas do poder político e económico são lei de base para que as coisas sejam “arranjadas” e "arrefecidas" em ultimas estâncias.

Seja na Holanda, Portugal ou na Polónia, se existe algum mérito nestas acções judiciais, que poderão não passar do papel, ele é o reconhecimento da quantidade de assassinos autorizados, licenciados e legalizados que estas malditas “empresas” legalmente representam e contêm.

É a imagem ou a face horrenda e tenebrosa do capitalismo mais selvagem, obsceno e desumano que se poderia e poderá algum dia imaginar.
E isto no século XXI.

quinta-feira, julho 22, 2010

Um TIJ de mafiosos


Parecer emitido pelo Tribunal Internacional de Justiça
Independência do Kosovo "não viola direito internacional".

A declaração de independência feita unilateralmente pelo Kosovo “não violou o direito internacional”, concluiu o Tribunal Internacional de Justiça. A decisão, tomada dois anos depois da secessão da Sérvia, poderá ter implicações para vários movimentos separatistas no mundo.

in Público de 22/07/2010
Aqui está; um TIJ (Tribunal Internacional de Justiça) de mafiosos.
Abriram um precedente.
Daqui para a frente vamos ver a lata desta gente.

Espero que o denominado Tribunal Internacional de Justiça tenha a moral de dar o mesmo tratamento às repúblicas independentistas da Ossétia do Sul e da Abkhásia. O reconhecimento a que têm direito para não caírem das mãos de um mafioso georgiano que nem a mãe respeita.

Caso contrário, há que lhes reconhecer senhores de uma profunda e miserável hipocrisia, falta de vergonha e sem sentido algum de justiça.

Aliás, atitude tipicamente Ocidental.
"Se não nos apoias não tens direito a nada. Morre à fome e levas com umas sanções para aprenderes a ter juízo".

Chamem-se eles Sérvis, Coreia do Norte, Irão, Ghaza, Venezuela, Líbano, Síria, Tchade, etc, etc e por ai adiante, para além de epíteto de terroristas, levam com o selo de párias e desgraçados.

A isto se chama, ou alguns chamam no Ocidente, Democracia.

Estamos sempre a aprender com estes anormais.

quarta-feira, julho 21, 2010

Revisão Constitucional? Agora??


PSD
Paulo Rangel tem "sérias reservas" à reforma do sistema político de Passos Coelho mas não é o único no partido.
Passos Coelho enfrenta hoje primeiro teste à sua proposta.
Ontem tentou baixar o tom da polémica: o documento "não está fechado", é para discutir.


In Público de 21/07/2010

Esta da Revisão Constitucional do PSD é simplesmente um tiro mais na boca do que no pé.
Numa altura destas, com a crise económica monstruosa que nos corrói, o ódio cada vez maior a um patronato alarve, inócuo, estúpido e demente que sempre existiu neste País e que sem sentido algum de humanidade envia para para a rua centenas ou milhares de trabalhadores, tomar iniciativas contra qualquer sistema de apoio social mesmo que ao de leve ainda possa existir, é entregar todos os trunfos a Sócrates.

Bem sei que estamos numa época em que como nunca, a estupidez campeia alegre e livremente no seio de um País doente e senil.
Mas esta atitude ultrapassa tudo o que de bom senso se possa e deva fazer neste preciso momento.
E é logo o PSD, numa altura em que poderia ser o arauto de uma mudança política bem vinda e fresca, que dá o flanco completamente desguarnecido.

Sócrates agradece e deve rejubilar!
No meio de tantos broncos e grunhos é facílimo sobressair.
E é neste ambiente político de águas turvas que o Primeiro Ministro e Secretário Geral do PS gosta de circular como tubarão pronto a abocanhar incautos e parolos girinos.

Quem não passa do nível das mesquinhas politiquices de Freeports, Manuelas Moura Guedes, TVI´s e quejandas acções, não pode ir longe.
Depois não se queixem de levarem com mais uma maioria absoluta nos cornos!

domingo, julho 18, 2010

Querida Lisboa; adoro-te no Verão


Adoro o Verão em Lisboa.

Mesmo que chegue aos 40º, adoro trabalhar durante Julho/Agosto nesta minha querida Lisboa longe do resto que realmente é mato.
Porque quer queiram quer ou não, o resto é mesmo paisagem.
Para visitar e nada mais.

Deliro fazer a estuporada e amaldiçoada IC19 a 120Km/h cortando as faixas consoante curvo à esquerda ou à direita, sabendo que não incomodo nessuno, porque simplesmente não existem tugas que me deixam sistematicamente o credo na boca.
Foram a banhos ou para o diabo que os carregue.


Delicia-me deslizar, direi quase planar, pela A5 às 9:00h a.m. sabendo que em dez ou quinze minutos estou na António Augusto Aguiar, ou em Miraflores, ou chego a tempo de assistir a um espectáculo em qualquer sala da minha Lisboa amada.

Sonho em passear pelos parques citadinos quase vazios, de ver turistas de diversas proveniencias refastelados nas lindíssimas esplanadas da baixa desta cidade, sem pedintes, arruma carros, maralhal da tanga, gente stressada dos empregos dos €500/mês, dos marabalismo malditos dos condutores tugas em plena via empanturrada da trânsito, etc, etc.

Gozo que nem um perdido ao passar a Marginal e ver o maralhal à ganancia procurando um lugar para arrumar o carro ou a pedir licença para um espaço ao Sol no intuito de apanhar um pouco do doce calor estival, convencidos que após um estaladão térmico gozaram um bom dia de praia no meio de centena de milhar de gajos que passam o dia a coçar a micose virados para as águas poluídas de Carcavelos, Parede ou Estoril.

Que continue, pois não me importo, este processo cíclico que só adormece um País mentalmente doente para que eu me delicie com o que realmente é bom em Lisboa e só em Lisboa.

Se uns são egoistas com o direito às férias, à confusão e à praia, porque não terei eu o direito em ser egoista vendo e desejando essa malta mês e meio pelas costas e querer a minha querida Lisboa só para mim?
Afinal quem gosta mais da cidade? Eles ou Eu que não a deixo por nada deste mundo?