"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

segunda-feira, junho 29, 2009

A Moral e as morais!



Crise no Médio Oriente
Activistas desafiam Israel e entram em Gaza para ajudar palestinianos

No I de 29 de Junho de 2009
Depois dos mais de 3000 mortos Palestinianos provocados pela suja agressão sionista a soldo e às custas de Bush e dos seus falcões, vamos continuar a ter do mesmo; não permitir a entrada de apoio humanitário na Palestina por parte dos israelitas, por, dizem eles e só eles, questões de segurança!!!!

Numa altura em que na Comunidade Europeia alguns berram (a maioria sem saber porque berra) slogans de apoio aos movimentos contestatários do regime teológico Iraniano e às forças militares que depuseram, contra a vontade popular, o Presidente Manuel Zelaya Rosales nas Honduras (veja-se sobre este assunto o artigo de fundo, de um lirismo hipócrita, no Público de 29 de Junho de 2009 do seu "insuspeito" director José Manuel Fernandes), não vejo que moral, essa mesma Comunidade pode ter, quando “faz de conta e olha para o lado” perante a constante desumanidade de um estado que dia a dia demonstra bem a razão da sua existência; violência e terrorismo!

São assim as morais de alguns senhores.
Como se pode exigir aos outros escrupuloso respeito por legalidades ditas democráticas quando se resvala diariamente para a hipocrisia?

domingo, junho 28, 2009

Maydan Tupkhaneh



Maydan Tupkhaneh.
Praça Tupkhaneh. Uma das muitas, enormes, majestosas praças da imponente metrópole que se chama Tehran e que eu tenho o privilégio de conhecer tão bem!

Onde se encontra centralizado o Ministério das Comunicações do Irão.
Foi esta praça testemunha de uma das maiores manifestações silenciosas de apoio ao candidato Mussavi, derrotado (ou não?) nas ultimas eleições de Junho 2009 e considerado pelo Ocidente, mas só pelo Ocidente, de "reformador".

Quem conhece a República Islâmica e sabe bem os jogos florais que se podem encontrar por trás de todo o jogo de interesses em causa neste momento, só pode esperar as próximas novidades para que se tirem conclusões concretas.
Talvez algumas surpresas apareçam.



De qualquer modo a República Islâmica nunca mais será a mesma!
Enfraqueceu como alguns pretendiam.
Realmente é verdade!

Mas jamais deixará que os seus destinos sejam controlados por aventureiros e rambos provenientes do Oeste! Foi assim com Mossadeqh, com Reza Pahalevi, com Sadam e será também agora!

Como diz e bem o jornalista egípcio Haidar "Os países ocidentais lidam mal com as eleições nesta região. Tentam influencia-las. Já antes das eleições alguns países - França, Estados Unidos - tentaram afectar a eleição... O mesmo que fizeram nas eleições libanesas e nas de Ghaza. O Ocidente não gosta de resultados de eleições que não sejam os que eles querem".

Assino por baixo!!!!!!!

sábado, junho 27, 2009

27 de Setembro de 2009.

Queriam as Legislativas para a mesma data das Autárquicas?
Queriam lançar mais foguetes de pólvora seca antes da festa?
Quem cegamente assim actua seguramente que não se sente muito à vontade se tiver de apresentar ideias (caso elas existam, o que duvido muito).

Embora mal, a política para alguns cavalheiros é vista como uma disputa desportiva, jogatana de bisca delambida acompanhada de coiratos, entremeada gordorosa e casqueiro!

Pelos vistos já se estavam a por a jeito para berrarem mais virtuais "vitórias" graças aos favores do Sr. Silva que lhes tem ultimamente passado a mão pelo lombo!

Mas tal senhor não esteve para menos e vai daí mandou-os dar volta ao bilhar grande; Legislativas serão a 27 de Setembro.
Ponto final!

E vamos ver quem vai rir depois!!!

sexta-feira, junho 26, 2009

Wanna be startin´ somethin´




Morreu Michael Jackson!
Purista na dança, mestre no controlo dos movimentos corporais ao ritmo da música, voz quase pura, foi dos maiores artistas que marcaram as épocas de oitenta e noventa!
Ficará para a História como um dos maiores de sempre!

Caído em desgraça por razões relacionadas com a falta de escrúpulos dos media (quem mais poderia ser?), passou um longo período sabático, até que corajosamente encetou um regresso que brevemente culminaria com um espectáculo ao vivo!

Morreu antes de o realizar!

Sinto muito!
E sinto muito por Michael ter sido um dos meus cantores preferidos e nunca ter conseguido ultrapassar o mal a que foi sujeito por parte de quem tanto o prejudicou e difamou; os malditos media!

Beat it foi para mim aquele acto de violência, tão diversas vezes necessária quanto desejada!
E é com ela que sinto a tristeza de o ver partir.

quinta-feira, junho 25, 2009

Será desta???

Caso das offshores utilizadas para influir nas cotações
Ministério Público requer cauções de 7,5 milhões de euros para cinco ex-gestores do BCP


O MP distinguiu alguns dos arguidos e propôs a caução mais elevada a Jardim Gonçalves (três milhões de euros), ao passo que Filipe Pinhal poderá ter que depositar à ordem do inquérito um milhão e meio de euros. Os restantes três arguidos (Cristopher de Beck, António Rodrigues e António Catsro Henriques) deverão prestar uma caução de um milhão de euros, cada um.

Público 25 de Maio de 2009

Será desta vez que tais figurões vão pagar por grande parte do mal que semeram neste País?
Bem gostaria eu que assim fosse!
Vamos esperar para ver.
E já agora "olho neles", que maltosa desta vai tentar tudo, inclusive com apoio interno "de alguns girinos desinteressados e piedosos", para se pirarem daqui de malas bem recheadas!

sábado, junho 20, 2009

Porto, mereces melhor



Realmente o Miguel tem toda a razão e Elisa Ferreira não tem uma pinga de senso!
Política à Portuguesa; "deixa-me servir dela (a Política). É melhor do que servi-la!".
Para bem do Porto esta senhora vai sofrer uma derrota estrondosa e vergonhosa. Mas tambem não merece melhor!

terça-feira, junho 16, 2009

Mansos, muito mansos!!!!!!!!!



Cá estamos nós, como bons portugueses, a atrapalhar tudo o que possa cheirar a novo, a diferente, tal como os malditos velhadas do Restelo. Fieis aos corporativismos salazarentos que tanto nos envenenaram o sangue e, pior ainda, a inteligência, descobrimos que depois das obras estarem a meio caminho é que é altura de a suspender para, e desculpem-me o termo, "lixar o pagode".

Que sentimento de maldadezinha tacanha e pequenina que só o portuguesinho possui. Não tem mais em que pensar senão encravar a vida do próximo! Sendo sócio do ACP, confesso que em analogia ao que aconteceu ao túnel do Marquês de Pombal, o clube saí-se muitíssimo mal.

Mas enfim; cada um tem aquilo que merece e engole o que lhe derem de comer/beber. Ao menos que os iranianos nos servissem de exemplo.
Mas não. Mansos, muito mansos!

segunda-feira, junho 15, 2009

domingo, junho 14, 2009

Sinceramente não esperava!

Confesso que não esperava a vitória de Ahmadinejad!
Passou-me completamente o facto de a grande maioria da População Iraniana fora das principais cidades como Tehran, Mashad, Isphahan, Tabriz e Shiraz, estarem muito pouco relacionadas com aqueles centros populacionais fortemente ocidentalizados por uma burguesia de grandes posses e bem colocada na vida (principalmente Tehran).

As notícias que vejo através das televisões internacionais, sejam elas ocidentais ou iranianas, não me descansam.

Vamos esperar para ver, mas uma coisa tenho notado; muita gente no Ocidente (onde mais poderia ser??), está-se a sentir "incomodada" com a vitória do conservador Ahmadinejad!

Pelo menos há um sinal: a República Islâmica do Irão procura percorrer o seu próprio caminho sem medo dos "apocalípticos aventureiros".
E isso é uma certeza que temos por mais quatro anos!

sexta-feira, junho 12, 2009

Cristiano; és realmente o maior!



Pura sangre
Ronaldo es un gran atleta convertido en ?crack? por la pasión, el perfeccionismo y la vanidad
El Pais de Maio 12, 2009


Ganhes o que ganhares que te sirva de proveito e que sejas muito feliz; sozinho, acompanhado, seja com a Paris Hilton ou outra colunável qualquer, segue em frente e “vai fundo” sem hesitação nem piedade!

Está visto que mereces muito mais os 93 milhões de €uros que o Real pagou ao Man United mais o ordenado fabuloso, galático, impensável que tu vais ganhar, do que dar ordenados à nova classe de dementes e burros managers directors e economistas de empresas que durante os últimos anos só fizeram aquilo que nunca te passou pela cabeça fazer: ser incompetente até à quinta casa e roubar a olhos vistos!
Quanto a isso nem há discussão!

Realmente aquilo que tu sabes, mais ninguém o faz!



E para além disso ao mudares-te para o doce e quente Sul Europeu (pura sangre), vais jogar na equipa de todos os sonhos; o Real Madrid!
Vem e não te arrependas de deixar o frio e os cabeças quadradas do Norte!

Vença quem vencer!



Sim, vença quem vencer, nada será igual daqui para frente.
Como anteriormente tinha afirmado com a nova política americana e com as perspectivas de uma abertura para futuras conversações irano americanas, poderá ficar definido um futuro de mais concórdia entre os dois países.

Reforço o desejo de um futuro de paz, liberdade e prosperidade a um povo que de tão mal compreendido pelas ditas sociedades "democráticas" do Ocidente, sempre se soube impor sozinho ao Mundo e fazer prevalecer a sua independência e os seus direitos.

Perante o nosso tendencioso e parcial modo ocidental de ver a política, existem muitos erros na República Islâmica.
Sem dúvida que existem. Há verdade nessa análise. Na República Islâmica muita coisa há a mudar e a melhorar.

Mas quem não tem telhados de vidro??

Possamos nós talvez, "democratas ocidentais" aprender algo com eles; é que não falharam quando foram chamados a votar.
A prova está na elevada percentagem de votantes que respondeu ao apelo em todo um imenso País de 74 milhões de habitantes.
Que eu saiba por cá, assim como na democrática Europa foi o que se viu no dia 7 de Junho.

Afinal entre invasões a estados soberanos até ao podermos dar-nos ao luxo de possuirmos arsenais nucleares, que moral temos nós para os acusar seja do que for?

Só o véu Islâmico das mulheres?
É ridiculamente pouco, mesquinho e francamente maldoso!

Vejam e digam lá se não é verdade?

quinta-feira, junho 11, 2009

Eleições entusiásticas - شورانتخاب



Teerão vestida de verde faz os reformistas sonhar com a vitória nas presidenciais

"Estas são as eleições presidenciais mais imprevisíveis e excitantes dos últimos anos", relatava ontem o enviado da televisão Al-Jazira, explicando que a grande mobilização conseguida pelo Presidente cessante e pelo seu principal rival, o ex-primeiro-ministro Mir-Hossein Mousavi, torna falíveis quaisquer previsões: "É visível que Mousavi tem uma ligeira vantagem na capital, mas nas províncias a história é totalmente diferente."
Publico Junho 11, 2009


Com as belíssimas montanhas de Alborz a servir de fundo a norte de Tehran, assim como toda a República Islâmica, o povo Iraniano prepara-se para uma sexta-feira (joumeh) de eleições onde manterá Ahmadinejad ou escolherá um dos novos três candidatos a presidente.

Vença quem for nada será igual daqui para frente.
Com a nova política americana e com as perspectivas de uma abertura para futuras conversações irano-americanas, ficará definido um futuro de mais concórdia entre os dois países e não só.

O Irão é e sempre será o aliado natural dos Estados Unidos da América naquela região. É e sempre será o garante e o apoio a uma neutralização do terrorismo fundamentalista nos vizinhos Iraque, Afeganistão e no sempre perigoso, improvável e inviável Paquistão!

Vença quem for, só desejo um futuro de paz, prosperidade mas acima de tudo de independência total a um povo que tanto me marcou e tão profundamente me tem marcado.

"Filho da terra"

Dias Loureiro:
"Em política não há gratidão".

É preciso ter lata e a Dias Loureiro, como a todos os do seu quilate, não lhe falta essa característica.

Mas também já não me admira o bacoco reconhecimento do "povo" de Aguiar da Beira pelo "filho da terra".
Realmente nesse País só os espertos e os que vivem de expediente é que são reconhecidos.
Foram "artistas" como este senhor que nas ultimas duas décadas tomaram a direcção e administraram esta terra.
O resultado está à vista!
Mas há quem continue a gostar de bailar assim!
Pois seja em prol da histórica ignorância portuguesa.

quarta-feira, junho 10, 2009

10 de Junho



O velho abutre é sábio e alisa
as suas penas
A podridão lhe agrada
e seus discursos
têm o dom de tornar as almas
mais pequenas

Sophia de Mello Breyner Andresen

Deixou-lhe um gosto amargo Sr. Presidente!

Deve-lhe ter pesado a consciência ao pretender reparar a injustiça e pouca humanidade ao não autorizar a pensão que a viúva de Salgueiro Maia merecia após a morte prematura de alguém que apenas pediu à vida para viver em paz.
Alguém a quem a vitória do 25 de Abril de 1974 tudo deve!

Nestes dias em que é mais fácil premiar quem nos rouba, quem em pouco tempo destrói a economia do nosso País, quem se ocupa de eliminar toda a esperança de melhores dias e que nos mantém em crise latente, a colocação de um ramo de flores junto à estátua de Salgueiro Maia em Santarém por parte do Sr. Presidente é quase irreal.
Não faz sentido.
Só mesmo num país perigosamente doente e com um histórico mas constante sentimento de culpa!

domingo, junho 07, 2009

"La cosa Berlusconi"

La cosa Berlusconi
No veo qué otro nombre le podría dar. Una cosa peligrosamente parecida a un ser humano, una cosa que da fiestas, organiza orgías y manda en un país llamado Italia.
El Pais online de Junho 7, 2009


Agora é que me deram.
Agora doeu-me.
Gosto por demais de Saramago para o censurar ou inclusive me voltar contra ele!
Jamais!
Pensei que pelo facto de o meu escritor português (e não só) preferido, ter sido censurado por Berlusconi (a Coisa) por causa do seu livro, só por si não lhe criasse o mínimo de problemas nem sentimentos de revanche.
Habituado que está a ser atacado e censurado pela bem Lusitana iliteracia manhosa, latente e militante, pensei que Saramago nem se desse ao trabalho de responder ou ficar sentido!
Enfim. Surpresas!

Mas também não aceito nem admito que se vasculhe a nossa casa ou a nossa intimidade seja ela de retiro eremita ou de gostosa rebaldaria, como aquela que aconteceu!

Quando disse passar de "malas e bagagens" para Il Cavalieri, foi porque espumei de raiva contra esta maneira terrorista de fazer jornalismo, onde no seu próprio e já vasto submundo, traiçoeiramente rasteja, há muito, a conhecida e abjecta classe dos paparazi.
Foi com isso que me passei completamente dos carretos, ainda por cima quando nestas festas, não vai mal nenhum ao Mundo; a não ser na cabeça de alguns atrasados mentais.
E fico-me por aqui!

sexta-feira, junho 05, 2009

Não se pode estar em lado algum!



Berlusconi considera "inocentes" fotos que mostram pessoas nuas no jardim da sua vivenda
O primeiro-ministro italiano Sílvio Berlusconi considerou “inocentes” as fotos publicadas no "El Pais" que mostram mulheres em topless a tomar banhos de sol no jardim de uma vivenda sua e disse serem uma violação da sua privacidade.



Não é seguramente um político das minhas simpatias, mas perante o facto de se tirarem fotografias do interior da sua vivenda só porque andavam por lá umas musas nuas (onde está o mal??), passo-me logo de armas e bagagens para o lado dele, tal é o asco e a aversão que em mim cresce perante actos infames e provocatórios dessa escumalha conhecida por paparazzi.

Vale tudo neste meio "cultural" Ocidental.
Embora não seja importante num computo de análise geral, é mais uma das muitas razões que me faz detestar o Ocidente.
É por isso que cada vez mais apoio, desejo e anseio o crescimento dos países emergentes e me delicio a assistir ao colapso de uma economia Ocidental criada por ladrões, charlatães, gente sem princípios e medíocres mas cheios de soberba e estupidamente auto convencidos.

quinta-feira, junho 04, 2009

Stairway to Heaven



Wow.
At the end of the day it’s inspiring me.
How wonderful this melody can be.
How sweet this Stairway to Heaven on Harp and played by a gentle and beautiful lady softens and mitigates my pains and hungers.
Free up my mind during the time is playing the Harp with their delicated fingers.
Clean up my soul from the daily street drugs, from the boss, the newspapers and tv´s broadcastings lies, the always quick and poisoned lunch time, the fucking city and autobahn traffic, the terrible, terrible, terrible children crying, the sweat smell inside the low conditions suburbs buses, trams, trains and tubes that cross the bridge to the architetural poluted, forgotten and ugly left side of the river.

Only Super Gods could do this melody.
Only Jimmy Page, John Bohnam, John Paul Jones and Robert Plant.
Led Zeppelin or die!

Lá começam "eles"



Hillary Clinton pediu publicação do nome de mortos, desaparecidos e detidos
China indignada com apelo norte-americano sobre os mortos de Tiananmen


As autoridades chinesas expressaram hoje “profundo descontentamento” sobre o apelo lançado na véspera pela secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, que instou à publicação dos nomes de todas as pessoas mortas, desaparecidas ou detidas na repressão das manifestações pró-democracia de 1989, na Praça de Tiananmen, há exactamente 20 anos.


Aí está outra vez o cinismo a impor sistemas de opinião controlada e de respeitabilidade muito pouco recomendável.

Lá começam “eles” outra vez a meterem o nariz e a chafurdar na vida dos outros como se tivessem direito a dar ordens em casa alheia!

No momento que se enfrentam os desafios perigosos da Coreia do Norte e que poderão ser controlados pela RP da China, tudo aquilo que sejam tentativas de provocação contra este País, ainda por cima baseados em factos havidas há 20 anos (3 para 4 de Junho de 1989) transformar-se-á seguramente num boomerang contra o Ocidente.
O costume!
Pelos vistos não se consegue aprender mesmo nada.

quarta-feira, junho 03, 2009

Lamentar não dá! Que se actue.



Presidente da República nega ter tido acções da SLN
Cavaco Silva revela que "boa parte" parte das suas poupanças "estão desaparecidas"
03.06.2009 - 19h14 Lusa, PÚBLICO
O Presidente da República, Cavaco Silva, revelou hoje aos jornalistas que está a perder muito dinheiro com as poupanças que tem nos bancos e que parte delas “estão desaparecidas”.

"Eu e a minha mulher, antes de eu estar nesta posição, quando éramos apenas professores, não tínhamos as nossas poupanças debaixo do colchão, nem tão pouco no estrangeiro. E agora também não. Entregámos as nossas poupanças a quatro bancos, incluindo o BPN, para eles gerirem as nossas poupanças. Esperávamos que eles gerissem as poupanças bem, que conseguissem um bom rendimento. Infelizmente estamos a perder muito, muito dinheiro. Boa parte das nossas poupanças estão desaparecidas".
Publico online de 3 de Maio de 2009

Existem centenas de milhar de pessoas em Portugal numa situação de angústia perante a pobreza que diariamente lhes toca à porta.

Existem mais de 500.000 portugueses desempregados. Cerca de 10% da população activa do País mais dependente da Comunidade Europeia e da economia externa!

Perde-se o trabalho, vêm-se reduzidas as capacidades económicas de dia para dia, Depositam-se as economias em Bancos que mais não foram e ainda são, autênticas associações de bandidos, ladrões, crápulas e malfeitores que sem qualquer tipo de escrúpulos roubam o que podem para pagar prémios de "bons serviços", "bons desempenhos" ou transferirem parte do saque para contas em paraísos fiscais.
Tremenda obscenidade!
Tremenda desumanidade!
Nunca me passou pela cabeça assistir a tais actos de pirataria económica como aqueles que agora diariamente se nos depara!

Mas Vossa Excelência, Senhor Presidente, conhece bem toda essa gente.
Partilhou fases da vida política portuguesa com essa gente.
Participou em governos anteriores com muitos deles.
Sabe quem são, um por um!

E sabe também das traições que nasceram e se foram desenvolvendo desses tempos até hoje e que levaram o País mais para o fundo do que aquele onde já se encontrava, onde sempre se encontrou.

Não é justo que agora se queixe por ter sido igualmente roubado e enganado por essa canalha. Já os conhecia e já sabia o que eles eram capazes de fazer!

Por tudo isso e ainda pela angustia que se nota nas suas intervenções (e tenho a certeza que é sincera), é-lhe exigido neste momento acção urgente da sua parte.
Tem o poder para isso.

Será ao menos uma oportunidade de passar uma esponja sobre a sujidade que se andou a criar durante estas duas últimas décadas!

segunda-feira, junho 01, 2009

Duas janelas (Do panjereh)



A canção já é antiga, pré Revolução Islâmica do Irão (1979).
Foi escrita e cantada por Googoosh, uma actriz Iraniana equivalente para este povo em popularidade e dimensão à nossa Amália Rodrigues em Portugal.

Googoosh vive desde o ano de 2000 nos Estados Unidos.

É um simples poema de amores impossíveis, daqueles poemas muito em voga, cantados nos finais da década de sessenta início de setenta.
Corporiza esse amor impossível em duas janelas (do panjereh), que lado a lado, tão próximas em termos de distância física, mas igualmente tão longe, sem nunca se poderem tocar.

No que à dificuldade de relações Mulher/Homem diz respeito, está ainda muito actual no Irão, país que bem conheço e que, mau grado as enormes e intrigantes contradições existentes, sempre me marcou e marca muitíssimo ainda hoje!
Realmente não se escolhe quem se gosta ou se ama!

Mas cansado de comentar os "desastres" que assolam este desgraçado Portugal que vão desde a estupidez da justiça, a trinta anos de roubo descarado e gula de antigos membros de Governos incompetentes (PS e PSD) responsáveis pela latente situação de subdesenvolvimento que sempre vivemos, passando pelo vergonhoso terrorismo dos Media, pela destruição sistemática do nosso tecido produtivo e por aí adiante, quedei-me por me virar “lá para fora”.

No fim sinto que aquela frase, “o que vem lá de fora é melhor do que aquilo que cá fazemos”, tem uma grande razão de ser!
Não é dita por acaso e haja quem me demonstre o contrário!

Difícil, impossível de o fazerem após sessenta anos de vida e ter o mérito de conhecer o que conheço!

Duas janelas na fria parede,
Sós e abandonadas, uma és tu, outra sou eu,
Na parede de pedra negra, fria, áspera,
Que afasta os nossos lábios cansados,

Sem nos podermos mover por baixo do seu peso,
Que contem toda a história do nosso amor,
Mantendo distante as minhas mãos das tuas,
E esta dor que nos magoa noite e dia.

A distância que nos separa não é longa,
Mas mesmo assim infinitamente grande,
Única razão que nos mantém juntos, mas distantes,
Devemos ficar sempre assim paralisados,

Porque enquanto assim permanecermos,
Estamos vivos mas desejando a liberdade que é o nosso fim,
Precisamos de morrer para sermos livres,
Quero que destruam esta parede,

Para que eu e tu possamos morrer juntos,
E que noutro Mundo possamos dar as mãos,
Onde não exista tanta dor nos corações,
E que não hajam janelas, por não existirem paredes.