"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

terça-feira, abril 21, 2009

Duas visões sobre a Reunião de Genebra



Vejam só a diferença resultante do ponto de vista e/ou do posicionamento, não só geográfico como político, descrito em dois meios de comunicação baseados em princípios e tendências completamente diferentes.

Ahmadinejad põe em causa reunião sobre racismo
21.04.2009, Ana Fonseca Pereira
Presidente iraniano disse que Israel é o "mais cruel regime racista", desencadeando um protesto diplomático pouco habitual
Mahmoud Ahmadinejad usou ontem a tribuna das Nações Unidas, em Genebra, para acusar Israel de ser "o mais cruel regime racista", criado com o apoio ocidental a "pretexto do sofrimento judeu" durante a II Guerra Mundial.

No Público de Abril 21, 2009

Ahmadinejad applauded at Durban II for call to abolish UN veto
Tehran Times Political Desk
TEHRAN -- Iranian President Mahmoud Ahmadinejad received an ovation at the UN conference on racism in Geneva on Monday after proposing that the veto power of the five permanent members of the UN Security Council should be immediately abolished.

No Tehran Times de Abril 21, 2009


Vivo em Portugal e normalmente consulto todos ou quase todos os diários (igualmente o "imparcial" Público).
Posso dar crédito ou não a um ou a outra notícia consoante a ideia global que tenho das situações, das pessoas, das minhas convicções e, obviamente das minhas simpatias (porque não dizer)!
Ninguém tem a autoridade de me impor que fala mais verdade que o outro. Tenho quase sempre a noção correcta de quem utiliza os meios informativos para poder passar a "sua" mensagem.
Felizmente com os conhecimento dentro e fora do País tenho uma visão mais ou menos correcta sobre as tentativas que principalmente os meios de informação nacionais utilizam ou têm acesso para poder passar as "suas palavras ou visões" dos casos mais ou menos problemáticos. Além disso somos um País pequeno, periférico e de pouco significado internacional.

Por essa razão ninguém tem autoridade de me dizer qual o "lado" que fala verdade
E assim, uma questão pode ser levantada; estará Ahmadinejad a falar verdade ao afirmar o que sente e o que é real aos olhos de todos??

Quando é que param de nos atirar areia para os olhos e deixamos de ser politicamente correctos com as consequentes desgraças humanas que daí advêm e estão à vista de todos (Gaza já está esquecida)?
E quando é que passamos a ser politicamente incorrectos com os benefícios para a Humanidade, chamando os cães de morte pelos seus próprios nomes??

Não gosto nem nunca alinharei em tendências desgastadas e que me queiram toldar os olhos. Muito menos com hipocrisias infames e a prazo com que notícias como as que o Público e mais alguma imprensa lusa nos castigam diariamente!

Por alguma razão muitos Estados (Europeus inclusive) nem repararam que alguns representantes (igualmente Europeus mas costumeiros nestas birrinhas da treta) saíram da sala quando Ahmadinejad falou!
Deviam ter ido aos lavabos fazer as suas "deles" ncessidades!
É que já estava tudo combinado!
Só não vê quem é cego ou quem não quer!
Felizmente que a Cimeira lá segue, só fazendo falta quem está presente!

Sem comentários: