"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

domingo, abril 26, 2009

Portuguese like these!!



If during our long History, we had always capacity to solve our internal problems as an old People we are,

If during centuries we spread our influence everywhere in this World around,

If in the worst moments of our lives we shake, squashed and destroy all the darkness nights,

If during nine centuries we’ve maintained our Country as one Nation one People,

We must be sure that the present economic and political crises will be, must be outruned only by ourselves, with our own force, our union and fighting together against the corruption of the politics, cruel bank ambitions, inhuman private companies and trust managements, criminal media’s lies and so on, that corrodes our body like a pernicious cancer!

At least Men like these Portuguese “Forcados” must serve us an example how we can face all the beast contrarieties together without fear, without pain, like real Portuguese we are and we will be!!



April 25 forever!!

sábado, abril 25, 2009

Em que ficamos, afinal????

Charles Smith
diz que mentiu
sobre Sócrates


Ouvido em Inglaterra pela polícia e por advogados
declarou sempre que não entregou dinheiro ao PM


In Expresso de Abril 25 de 2009

Em que ficamos afinal???
Chaga-se à conclusão que para além da degradante escumalha que habita, rasteira, anónima e impune, algumas páginas da imprensa nacional e de estações de aberrante TV, chafurdando na lama da maldade gratuita, por inveja e maledicência, ódio e degradante insignificância, toda a nossa sociedade assistiu, chocada, à tentativa insistente e cega da destruição de um governante e de um governo democraticamente eleito.

E a atitude nojenta tomada por essa "gentalha", não a foi por quaisquer razões de qualidade da acção política do governo ou da falta dela.
Foi sim e apenas por vis motivações de uma baixeza, de uma cobardia, de um ódio, de uma inveja e de um despeito execrável!!

Seria bom que essa "gente" fosse chamada "à pedra" e que lhes fossem exigidas contas por nos ter criado expectativas que qualquer pessoa mais bem informada facilmente concluía que se estava a gerar um monumental embuste!!

Infelizmente mais do que nunca é hora de afirmar que esta terra, onde semelhante gente dá cartas e bota figura é uma terra sem qualquer futuro, e um local de trevas, um local de militante estupidez e um País acabado.

sexta-feira, abril 24, 2009

....e depois do Adeus??





....e depois do Adeus, estava ligada a luz que iluminou a ideia, o desejo de mudar e de acabar com uma situação anacrónica, inviável, impossível.

Grândola Vila Morena foi o sinal, foi o Hino, foi o clarão que explodiu em mil e uma bocas, em mil e um cravos nos canos de uma G3!
Foi a data que jamais esquecerei na minha vida; 25 de Abril de 1974!

Hoje, sei e sinto que talvez o principal ficou por fazer naquela mesma data. O mais importante, a verdadeira Revolução!
Ingenuamente e habituados que estava-mos à Guerra Colonial, esquece-mo-nos que as armas realmente não servem para se lhes colocarem cravos nos canos! Não nos lembra-mos desse pormenor.
Que Pena!!

De qualquer modo, 25 de Abril SEMPRE!!

quinta-feira, abril 23, 2009

Afinal de quem é a mão???



NASA capta "mão de Deus"
Um sinal divino ou uma mão cósmica? Na visualização da imagem captada pela NASA, que mostra uma nebulosa com 150 anos-luz de comprimento, a imaginação é quem dita a regra.
Expresso de Quarta-feira, 22 de Abr de 2009


Bela imagem cósmica de uma nebulosa deste ponto referencial que é a Terra.
Em qualquer outro lugar do Universo será seguramente diferente.

Mas deixe-mo-nos de voyerismos, títulos bombásticos. Por favor não comecem a "descobrir" mais coisas, "sinais divinos" e crendices baratas que só têm massacrado a Humanidade ao longo de dois milénios.

Isto é uma nebulosa a 150 anos anos luz de distância e nada mais!
É assim tão difícil convencer o pessoal que nós Humanos já cá andamos há muito mais tempo e para nos lixar-mos uns aos outros lá tivemos de inventar alguns deuses que pelos vistos têm sido bem menores!

Melhor e mais pedagógico seria se se explicasse ao maralhal o que representa a distância de 150 anos luz.
Quando tiver tempo e se deixarem de acreditar em histórias da carochinha, eu explico!!

terça-feira, abril 21, 2009

Sebastião de seu nome


O Presidente da Autoridade da Concorrência diz estar de "consciência tranquila"
21.04.2009 - 21h09
Por Lusa
O presidente da Autoridade da Concorrência, Manuel Sebastião, declarou que o relatório sobre combustíveis que apresentou hoje o deixa "de consciência tranquila", enaltecendo o "rigor" e a "exaustividade" da análise

"Saio [da apresentação do relatório, no Parlamento] de consciência absolutamente tranquila. A análise é de um rigor, de uma sistematização e exaustividade muito grandes e permite-nos um conhecimento muito aprofundado do sector", disse Manuel Sebastião à saída da reunião com os deputados.

Incrível como este senhor Sebastião de seu nome candidamente afirma que tem a consciência tranquila!

Que me perdoem o comentário, mas nunca vi nem li tanto cinismo e desaforo como o deste responsável da Autoridade da Concorrência.

Vou ver se durmo descansado com esta história de embalar.

Só não tenho a sorte de amanhã consultar o meu estrato bancário e ver lá bem explícito o pagamento dos meus "favores".
Cada um nasce para o que sabe!

Duas visões sobre a Reunião de Genebra



Vejam só a diferença resultante do ponto de vista e/ou do posicionamento, não só geográfico como político, descrito em dois meios de comunicação baseados em princípios e tendências completamente diferentes.

Ahmadinejad põe em causa reunião sobre racismo
21.04.2009, Ana Fonseca Pereira
Presidente iraniano disse que Israel é o "mais cruel regime racista", desencadeando um protesto diplomático pouco habitual
Mahmoud Ahmadinejad usou ontem a tribuna das Nações Unidas, em Genebra, para acusar Israel de ser "o mais cruel regime racista", criado com o apoio ocidental a "pretexto do sofrimento judeu" durante a II Guerra Mundial.

No Público de Abril 21, 2009

Ahmadinejad applauded at Durban II for call to abolish UN veto
Tehran Times Political Desk
TEHRAN -- Iranian President Mahmoud Ahmadinejad received an ovation at the UN conference on racism in Geneva on Monday after proposing that the veto power of the five permanent members of the UN Security Council should be immediately abolished.

No Tehran Times de Abril 21, 2009


Vivo em Portugal e normalmente consulto todos ou quase todos os diários (igualmente o "imparcial" Público).
Posso dar crédito ou não a um ou a outra notícia consoante a ideia global que tenho das situações, das pessoas, das minhas convicções e, obviamente das minhas simpatias (porque não dizer)!
Ninguém tem a autoridade de me impor que fala mais verdade que o outro. Tenho quase sempre a noção correcta de quem utiliza os meios informativos para poder passar a "sua" mensagem.
Felizmente com os conhecimento dentro e fora do País tenho uma visão mais ou menos correcta sobre as tentativas que principalmente os meios de informação nacionais utilizam ou têm acesso para poder passar as "suas palavras ou visões" dos casos mais ou menos problemáticos. Além disso somos um País pequeno, periférico e de pouco significado internacional.

Por essa razão ninguém tem autoridade de me dizer qual o "lado" que fala verdade
E assim, uma questão pode ser levantada; estará Ahmadinejad a falar verdade ao afirmar o que sente e o que é real aos olhos de todos??

Quando é que param de nos atirar areia para os olhos e deixamos de ser politicamente correctos com as consequentes desgraças humanas que daí advêm e estão à vista de todos (Gaza já está esquecida)?
E quando é que passamos a ser politicamente incorrectos com os benefícios para a Humanidade, chamando os cães de morte pelos seus próprios nomes??

Não gosto nem nunca alinharei em tendências desgastadas e que me queiram toldar os olhos. Muito menos com hipocrisias infames e a prazo com que notícias como as que o Público e mais alguma imprensa lusa nos castigam diariamente!

Por alguma razão muitos Estados (Europeus inclusive) nem repararam que alguns representantes (igualmente Europeus mas costumeiros nestas birrinhas da treta) saíram da sala quando Ahmadinejad falou!
Deviam ter ido aos lavabos fazer as suas "deles" ncessidades!
É que já estava tudo combinado!
Só não vê quem é cego ou quem não quer!
Felizmente que a Cimeira lá segue, só fazendo falta quem está presente!

segunda-feira, abril 20, 2009

Oi que panela grande!!!!

Freeport: secretário de Estado considera pedido feito pela Ordem dos Notários “muito grave”
O secretário de Estado da Justiça considerou hoje "muito grave" a Ordem dos Notários pedir aos cartórios notariais a relação das escrituras feitas pelo primeiro-ministro e outras pessoas para facultar a um jornalista, no âmbito do caso Freeport.

Obviamente no "imparcial" Público de Abril 20, 2009


Estamos com a sensação que se entrou no reino da janaria (esterco, lama mal cheirosa na Guiné Bissau), em que se rasteja numa terrível e asquerosa lama composta por uma amálgama de trafulhices mal cheirosas, roubos, assaltos, em que se misturam governantes, justiça, prof´s, médicos versus farmácias, barcos mal construídos, abismal incompetência de economistas, gestores, patrões (estes até são os piores) e onde os jornalistas se transformaram igualmente em abutres da pior e mais nojenta espécie!
Imagine-se aqueles documentários mais violentos da vida animal no canal Odisseia!
Que panela grande é este País!!!

domingo, abril 19, 2009

JASAD - جسد



Quem sabe, sabe!
Sempre gostei de aprender e saber algo que estivesse fora do tradicional e vulgar gosto das chamadas maiorias (e como eu sempre odiei as maiorias!!!).
Eis se não quando há uns quatro anos comecei a aprender Persa (Farsi) o que me facilita de algum modo a pelo menos ler Árabe, embora não o perceba. O abecedário é o mesmo, com alguns, pouquíssimos, detalhes diferentes.
O Farsi é uma língua indo europeia e o árabe uma língua semítica.
Procurando sites libaneses, por me interessar com questões relacionadas com o Hezbolah, encontrei um site denominado Jasad - جسد(corpo em língua árabe) e que me deixou curioso de tal modo que vos aconselho consultar.
É uma revista muito interessante, da poetisa e jornalista libanesa Joumana Haddad e que tem sido apreciada por todos os países da Europa (menos um; adivinhem qual porque não é difícil - claro, quem havia de ser, Portugal!!!!), Ásia e África.
É só consultar a revista, porque vale a pena. Para além de se apreciar a beleza única das mulheres daquelas paragens!!
Depois digam se tenho ou não razão e bom gosto!? É que não é para todos!!

sábado, abril 18, 2009

Revolta Académica



Coimbra.
Universidade de Coimbra Abril de 1969.
Fez ontem 17 de Abril de 2009, quarenta anos da maior revolta académica em Portugal, quando o então "venerando" presidente da República Américo Tomaz, mais conhecido por Cabeça de Abóbora, foi enxovalhado e proibido de falar durante a inauguração da Nova Faculdade de Ciências Matemáticas naquela Academia.
Sinais de que algo estava a mudar em Portugal (na Europa já essa mudança tinha começado).

Hoje, Abril de 2009, poucos são os alunos daquela Universidade que se lembram desse período histórico do Movimento Estudantil Português.

Através de uma sondagem efectuada por uma emissora de rádio portuguesa, apenas um estudante, entre uma centena, reconheceu essa data.
Apenas um!! E o bizarro de tudo isto é que esse "apenas um" estudante, nem sequer era..........português!! Simplesmente brasileiro!
É triste não é?? Mereceremos nós mais do que demonstra a evidencia??
Claro que não!!

Hoje vive-se para o umbigo e luta-se contra o colectivo.
A elevação do egoísmo, da arrogância e do desprezo!
Nem para aqueles que nos proporcionaram hoje poder escolher o presente e o futuro, é reconhecido o mérito da contestação e do perigo em que incorreram e sofreram naquele tempo!

E o resultado está aí; a falta de honestidade e de vergonha que provocaram a maior crise de valores de princípios, crise económica e social de que há memória.
A ambição extremada, a falta de ética e de honestidade.

A poucos dias de mais um aniversário do 25 de Abril, revejo com angústia e saudade esses tempos de verdadeira luta social e colectiva que mudaram este Mundo.
Pelo caminho, no entanto, não demos conta que fomos criando autênticos monstros!
Andamos distraídos!

quinta-feira, abril 16, 2009

Cristiano; que golaço




Nada a dizer!
Quem tem Cristiano deve, em princípio, ter tudo.
Para isso é necessário fazer equipa com Van der Sar; O''Shea, Vidic, Rio Ferdinand, Evra; Anderson (Paul Scholes, m.76), Carrick, Ryan Giggs; Rooney e Berbatov (Nani, min.68).

Realmente reconheça-se que Cristiano perde-se na nossa Selecção!
Deve ser cá um frete ter de ser convocado! Livra!!

Padrinhos da Saúde




Tudo goodfellas!!
Como gosto de os ver a mandar vir um com o outro!!
Até parecem não ser capazes de partir um simples copito de três quando na realidade partem faianças inteiras do mais puro fabrico.
Quando a "mama" começa a dar sinais de secura, acabou-se o "acordo" de cavalheiros!!

quarta-feira, abril 15, 2009

Sem eira nem beira



É mau.
É muito, muito mau quando a contestação passa aos níveis a que se assiste.

Os artistas são medíocres (Xutos e Pontapés), o poema é uma treta mas directo, de acordo com nível intelectual que hoje nos rodeia neste País igualmente da treta.

Mas a realidade em que nos encontramos e o mau estar geral popular perante injustiças gritantes, mentiras oficiais descaradas, desaforos inadmissíveis e ganâncias execráveis que organismos governamentais e algum poder civil nos quer impor, começa a tornar-se intolerável.

Oxalá me engane, mas com todas as crises sociais que se adivinham, pode muito bem acontecer que em breve, estejam criadas as situações para que a rua (sempre a rua) se torne o centro das grandes soluções históricas deste País e que "esta merda" realmente se modifique.

Sem eira nem beira

Anda tudo do avesso
Nesta rua que atravesso
Dão milhões a quem os tem
Aos outros um passou bem
.
Não consigo perceber
Quem é que nos quer tramar
Enganar
Despedir
E ainda se ficam a rir
.
Eu quero acreditar
Que esta merda vai mudar
E espero vir a ter
Uma vida bem melhor
.
Mas se eu nada fizer
Isto nunca vai mudar
Conseguir
Encontrar
Mais força para lutar...
.
(Refrão)Senhor engenheiro
Dê-me um pouco de atenção
Há dez anos que estou preso
Há trinta que sou ladrão
Não tenho eira nem beira
Mas ainda consigo ver
Quem anda na roubalheira
E quem me anda a comer
.
É difícil ser honesto
É difícil de engolir
Quem não tem nada vai preso
Quem tem muito fica a rir
.
Ainda espero ver alguém
Assumir que já andou
A roubar
A enganaro povo que acreditou
Conseguir encontrar mais força para lutar
Mais força para lutar
Conseguir encontrar mais força para lutar
Mais força para lutar...
.
(Refrão)Senhor engenheiro
Dê-me um pouco de atenção
Há dez anos que estou preso
Há trinta que sou ladrão
Não tenho eira nem beira
Mas ainda consigo ver
Quem anda na roubalheira
E quem me anda a foder
.
Há dez anos que estou preso
Há trinta que sou ladrão
Mas eu sou um homem honesto
Só errei na profissão

segunda-feira, abril 13, 2009

"Meninos com carências"!?

Crianças com fome chegam ao Amadora-Sintra
Há um ano e meio que meninos com carências chegam ao Hospital Amadora-Sintra.
A crise é a responsável pela situação.


Preocupação com a imagem

São mães com "a escolaridade obrigatória ou nem isso" que se preocupam mais com "a imagem do que com os cuidados básicos".
"Andar com uns ténis rotos ou umas calças usadas estigmatiza-os como pessoas carenciadas", elucidou Madalena Barros, acrescentando que muitos destes casos são de crianças entre os quatro e os seis anos.
Expresso on line de 13 de Abril de 2009

Coisas importantes e fundamentais "Estas famílias valorizam muito o aspecto, mas deixam cair as coisas importantes e fundamentais, como a alimentação, a saúde e a educação, o que compromete o bem-estar das crianças".


E é isto que na realidade tem acontecido e ainda acontece no nosso País. Os principais culpados do estado a que chegou a educação e o modo como as nossas crianças vivem é da inteiramente responsabilidade dos Pais (e a seguir de quem os ensina na escola).
Indiferentes a essa realidade, continuamos no entanto a tentar encontrar em alguma parte ou em algo "culpados" e "fantasmas" para os nossos desvarios dos ultimos dez ou quinze anos porque é muito duro saber-se que andámos a viver todos "à vara larga" e sem responsabilidades pelos nossos actos.

Agora, sem pudor ou melindre, vamos transferir para os nossos descendentes algo que só nos devia envergonhar!
Mas haverá sensibilidade e educação suficiente para ao menos reconhecermos isso??
Pelo andar da carruagem ainda não!

domingo, abril 12, 2009

Palavras para quê? É o FêCêPê!!!



Embora não seja o clube do meu coração, como se costuma dizer, algo me faz sentir uma admiração e respeito especial pelo Futebol Clube do Porto.
Não só pelo facto da alegria que incute aos portugueses no que concerne ás boas prestações vitoriosas em palcos internacionais (os nacionais servem para ensaios).
Ganhou tudo o que havia para ganhar, com garbo, orgulho e uma superioridade sem paralelo e esmagadora.
Isto sem os apoios das lusitaníssimas e bíblicas imprensas desportivas “impolutas e imparciais” do nosso burgo.
Mas o que mais me surpreende, ou talvez não, é a sua capacidade organizativa, algo um tanto estranho ao modus vivendis tuga, habituado que está a vegetar no meio da confusão, da aldrabice, dos esquemas, das brejeirices e dos coiratos grelhados e sebosos.
Realmente, nos momentos mais críticos, o FCP tem, como uma Félix Renascida, a capacidade de se elevar acima de qualquer tormenta.
Quer se queira quer não, isso deve-se a um homem; Nuno Pinto da Costa.
Mesmo que não seja um “tipo simpático”, há que reconhecer-lhe um valor organizativo e empreendedor por cá muito pouco vulgar.
Mais ainda; prova à evidência que “democracia” não pode, é contrária e não deve existir a nível empresarial.
Tudo menos isso, se quisermos ter sucesso!
E aí está a prova.

Enfim. Quanto ao meu Sporting, cá nos vamos contentando com a nossa usual posição de Vices.
Os restantes figurões já não contam!!

sábado, abril 11, 2009

Dívidas nacionais

Portugal está no 'top 20' dos países mais endividados do mundo
Diário Económico de 11/04/09

Portugal surge na 19ª posição, sendo que o Governo estima que o país devia em 2008 o equivalente a 65,9% da riqueza total produzida durante um ano, embora a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) aponte para um valor superior, de 70,2%.


Bom. Mais dívida menos dívida para os nossos vindouros acabarem com o resto do País e fecharem a porta nas costas!
Assim acaba-se com o que já sofre de deformação congénita!

A Infabilidade jornalística???


A infalibilidade jornalística (por Fernanda Câncio)

Não me parece desejável que ninguém guarde estes guardas - em que me incluo. Não é saudável o corporativismo.
(Diário de Notícias de Março 10, 2009)


Fernanda, um dia escreves-te algo que não gostei (sobre o Irão) e protestei para o teu email, mas agora subscrevo, assino por baixo e defendo com unhas e dentes tudo aquilo que dizes e escreves no teu artigo sobre o corporativismo jornalístico, sobre o terrorismo que jornais de "referencia", balofos e cancerígenos comentadores idiotas e estações televisivas de estupidificação global lusitana nos inundam diariamente com total, aberrante, alarve e sebosa aceitação da populaça!
Não estás sozinha, mas que perante tanta acéfala monstruosidade, é dificil não se sair magoado, disso não tenhas dúvida. Mas tens força para isso e muito mais!
Aguenta-te que cá estamos para ajudar nem que seja pela força (que ainda é o que resolve muita coisa)!

Preocupações depois da asneira!?

Trabalhadores dos Estaleiros de Viana preocupados com futuro, depois da rescisão de contrato com Açores
O Público de 11.04.2009


Aqui está um dos nossos seculares problemas como País; o desleixo e a falta de respeito pelos compromissos previamente assumidos com aqueles que, sabe-se lá porquê, ainda pretendem adquirir o que por cá se fabrica.
No fim de contas, até internamente como é o caso dos Açores, já não existe paciência para aturar o "guarda para amanhã o que poderias fazer hoje e eles (os Açoreanos) que se desenrasquem".
E lá se vai um prejuízo enorme ser pago com as massas dos contribuintes.
Quanto ao barco “Atlântida”, fica para ali parado à espera que um “pato bravo” o adquira como novo e o leve dali para fora!
Preocupações agora??? Que ninguém se queixe porque a culpa é de todos, administração e pessoal técnico!