"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

segunda-feira, março 02, 2009

Guiné! Porquê???



Nino morreu!!
Morreu como viveu; violentamente!
Sem dó nem piedade.

Mergulhada numa crise latente desde a sua independência perante Portugal, a Guiné-Bissau viveu apenas um período de alguma acalmia enquanto Luís Cabral e outros militantes do PAIGC de origem e nascimento cabo-verdiano a administraram.
Após o golpe de estado em que Nino Vieira, de etnia Balanta, ocupou o antigo Palácio do Governo em Bissau (onde o General do Exército Português António Spínola viveu), a Guiné-Bissau entrou até aos dias de hoje, num verdadeiro período de trevas.
Corrupção infame, favoritismo, parasitismo das classes dominantes, tudo o que de mau o ser humano em África tem feito e semeado!
E quando se cai na mão do narco-tráfico, o futuro é, sem apelo, a auto destruição!
É isso que se prevê vir a acontecer na Guiné-Bissau.

Lembro-me como se fosse hoje, o dia 15 de Maio de 1971 em que desembarquei no cais do Pidgiguiti.
Longínquo ano esse.
Neste País deixei dois anos da minha juventude, de angústias, saudades, tristezas mas também muita alegria.

No fim confesso que gostei!
Gostei de tal modo que conhecendo hoje todos os países africanos de expressão Portuguesa, é a Guiné-Bissau que ocupa o canto mais lindo e carinhoso do meu coração.
Foi graças à Guiné-Bissau que eu aprendi a amar este continente que tanto me seduz; a África!

Sem comentários: