"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

terça-feira, fevereiro 10, 2009

ای ایران - Hey Iran



10 de Fevereiro.
Fevereiro de 1979.
A Revolução inacreditável.
A Revolução impossível e impensável!

Faz hoje 30 anos que o ayatollah Khomeini destronou o imperador Mohammad Reza Pahlavi, levou à instauração da primeira república islâmica e mudou o mapa do Médio Oriente.
Faz hoje 30 anos que uma revolução "impossível", modificou radicalmente toda uma zona do globo.

O maior êxito desta revolução foi, sem qualquer dúvida, ter concretizado a promessa de auto-suficiência e independência do povo iraniano que há muito se queria libertar de décadas de domínio de potências estrangeiras (Rússia, Inglaterra e Estados Unidos).
Mesmo aquelas pessoas que odeiam o regime dos ayatollahs dizem-se orgulhosas da independência recuperada!
No meio de tudo, algo teria de cair; a via para a democracia tipo Ocidental! Vamos por fases!



Que fique bem claro e que a verdade seja dita: os iranianos não olham para outros países do Médio Oriente como fonte de inspiração.
Nunca o fizeram.
Olham sim para o Ocidente.
Definiram para si próprios padrões elevados de democracia e estão conscientes de que ainda têm algum caminho a percorrer até serem uma sociedade em que tal como nesse Ocidente, vozes e votos das pessoas possam contar.

Queiram ou não, goste-se ou não, hoje qualquer bloco internacional tem e terá de contar com um País que soube sozinho ser quase auto suficiente, ultrapassar todos os bloqueios e tentativas de invasão pretendidas por aventureiros, filhos de seus papás, criminosos e cowboys de triste lembrança.
Hey Iran, que sigas em frente!

Sem comentários: