"SE NÃO MORRERMOS BOMBARDEADOS PELAS CONSTANTES MENTIRAS DOS MEDIA, VAMOS MORRER NA IGNORÂNCIA DOS QUE OS ALIMENTAM".

sábado, novembro 29, 2008

XVIII Congresso





Entre altos e baixos, ilusões e desilusões, entre heróis e traidores, tudo o PCP tem encarado frontalmente como sempre o fez na sua já longínqua História de vanguarda revolucionária em Portugal.
Goste-se ou não, foi, é e será a única frente política Portuguesa coerente consigo própria.
Goste-se ou não!

E quem defende intransigentemente os seus princípios, não pode nunca ser acusado seja do que for a não ser de Lealdade, algo que hoje poucos, mas mesmo muito poucos sabem o que é.
E a prova aí está; as sondagens já começam a falar por si!

A FENPRO e as morteiradas para o ar!!



A Fenprof manipula e Mário Nogueira não é sério
In Expresso de 29 de Novembro de 2008

Um artigo do Expresso afirma hoje que a FENPROF e Mário Nogueira não são sérios (sic).

Perfeitamente de acordo com o articulista do Semanário Expresso que acusa a Fenprof e o seu arauto Mário Nogueira.

Seja o articulista de que partido for, ou até não partilhe de nenhuma simpatia política, de momento talvez a atitude mais correcta, inteligente e lógica!
A FENPROF e Mário Nogueira, não são, nem podem realmente ser sérios dado o receio de se lhes descobrirem as incompetências profissionais disfarçadas .
São simplesmente snipers cinzentos, sem orientação nenhuma que mais não seja a política da terra queimada.
Embora tarde, é bom que se comece a sentir a falsidade que decorre em toda uma organização sindical dita de Professores que tem dado não só uma má imagem desta classe como até tentar destruí-la na ideia de vir a colher os lucros de organização "mártir" ou manter uma situação de privilégio corporativista inadequada a uma sociedade cuja avaliação periódica deveria ser obrigatória e assumida como uma mais valia para uma evolução em qualquer carreira profissional.

terça-feira, novembro 25, 2008

BPP



Crise na banca
Vítor Constâncio tenta salvar BPP
in Público de 25 Novembro 2008


Deixe-o cair Sr Dr. deixe-o cair.
Faça qualquer coisa de revolucionário e revitalize a imagem do BdP!
Quem não tem dinheiro não tem vícios!

sábado, novembro 22, 2008

Dias,......, de evidente corrupção

Ex-vice governador do Banco de Portugal desmente Dias Loureiro


A "ingenuidade" de Dias Loureiro é a típica atitude do chico esperto lusitano, do magano tuga que se abotoa às claras com aquela carinha de santo padroeiro das paróquias onde a religião é imposta pela medo, ou do construtor civil que nas obras de treta para emigrante "ver" mistura 10% de cimento com 90% de areia. É esta gente que nos governou e tem enriquecido à conta do embuste e nos faz descrer desta "democracia" do engano, da mentira, do compadrio às claras. Gostaria que não houvesse contemplações com gente deste género, mas no nosso País damos valor e direitos mediáticos aos pseudo coitadinhos como este indivíduo que mente às claras. É esta uma das grandes razões do nosso constante atraso perante a Europa e não só.

sexta-feira, novembro 21, 2008

É demais

Entrevista de 21 de Novembro de 2008 à RTP
Dias Loureiro: “Confiei que Oliveira e Costa estava a fazer bem”

Perante o que se está a passar é lícito que se ponha em causa todo o sistema bancário português assim como a regulação inexistente por parte do Banco de Portugal.
Outra atitude não seria de esperar a todos nós que diariamente nos confrontamos com notícias revoltantes das chorudas negociatas que estes senhores têm feito à sombra das "legalidades" proporcionadas por um sistema que os defende e apoia.

A sensação de vergonhoso conluio e ilegalidade obscena entre banca e autoridade reguladora jamais deveria passar impune.
Estes senhores que se afirmam impolutos, não têm sequer moral para aparecer na rua defronte do mais indigente dos cidadãos deste País!
Pior ainda, enxovalham a imagem da Democracia transformando-a aos olhos de qualquer um de nós num reino de particulares interesses canalhas que levam a que qualquer mortal desrespeite e até comece a odiar este tipo de regime que só virtualmente se pode chamar de democracia!

quarta-feira, novembro 19, 2008

Diz-me até amanhã



A canção tem mais de vinte anos, é linda, de sonho, a letra é de um realismo brutal, a melodia divinal, a instrumentação é de quem sabe aquilo que faz, não precisa que gurus os venham ensinar, a fala é portuguesa, de uma escandalosa suavidade e doçura lusas.

Enfim, às vezes penso o que seriamos nós se soubéssemos bem aproveitar as nossas qualidades artísticas, científicas, culturais, etc.
Penso e entristece-me o estado de letargia a que se chegou e o culto diário da estupidez e boçalidade a todos os níveis que este País tem atravessado nestes últimos anos!

Ouvi esta canção milhares de vezes sem nunca me cansar. Ouvi-a como se ouve um grande sucesso de qualquer conjunto internacional de nomeada.
Mas não. É bem Português.

Valha-nos ao menos estes picos de boas obras que servem de contrabalanço ao cinzentismo cartesiano de muita da nossa gente!

Ouçam-na, deliciem-se com o vídeo clip e depois digam-me se tenho ou não razão!!!

terça-feira, novembro 18, 2008

E não é que tem razão??



Líder do PSD comenta reformas do Governo
Ferreira Leite pergunta se "não seria bom haver seis meses sem democracia" para pôr "tudo na ordem"

in Público de 18 de Novembro de 2008

....é que por acaso sempre simpatizei com esta senhora, embora nunca tenha nem tolerado a família PSD.
Mas esta senhora, segundo o meu ponto de vista, é frontal, não tem medo e tem o que se chama nível para cargos acima da média.
Disso não tenho dúvidas.

O problema é aquilo a que eu chamo "acima da média", porque realmente essa média é muito baixa, baixíssima.
Talvez por isso se considera o PSD o partido mais português de Portugal. Eis mais uma das muitas razões para a nossa secular parola maneira de ser.

MFL protagonizou uma afirmação que tem fortes laivos de realismo.

Pumba: vai de afirmar que com o maralhal existente não se vai longe.
E não vai mesmo. Os resultados estão mais do que à vista!
E a prova é que a maltosa contesta de imediato as afirmações da dita senhora, exigindo inclusive a sua demissão de secretária geral do partido.

Se eu fosse à Dra. Manuela Ferreira Leite, mandava tudo às malvas deixando-os a morderem-se para o resto da vida. É que não os vejo a ganhar eleições tão cedo.

No fim de contas todos berram por questões e afirmações de circunstância, mas calam-se quando um tolo populista, brejeiro e mal educado como o Alberto João Jardim ofende e trata abaixo de cão os organismos da República Portuguesa!

Realmente há gostos para tudo e é por isso que a "média" é francamente baixa!!

terça-feira, novembro 11, 2008

Khawuleza Mama



Enfim Miriam Makeba.
Deixas-nos Mama África.
Tu que tanto lutaste pela tua África do Sul e melhor que ninguem representás-te a Alma Africana.

Hvala. Obrigado.

quinta-feira, novembro 06, 2008

Talvez um dia......!

Talvez um dia destes......!




Talvez que um dia destes acordemos e vejamos com imensa alegria um descendente de Cabo Verdiano, Angolano, Guineense ou Moçambicano como presidente no nosso Portugal. Ou talvez um louro ou loura descendente de Ukranianos. Porque não?

Talvez vejamos um Presidente branco na África do Sul ou na Nigéria ou até no Sudão?

Talvez uma mulher como Primeira Ministra na Republica Islâmica do Irão ou até no Afeganistão!



Talvez um Mahori como 1º Ministro na Nova Zelândia ou na Austrália, ou um índio no Palácio da Alvorada em Brasília como Ministro das Finanças.

A partir de agora, com a chegada de Obama ao topo da mais poderosa e desenvolvida nação do mundo, tudo será possível!

Talvez a partir de agora quando se disser que um "homem bom" é sinónimo de tolinho sejamos levados a acreditar o que perdemos ao longo da longa linha do Tempo.

Se assim for e se ainda assistir a todas estas transformações no que ainda resta da minha vida, então poderei acreditar na Humanidade na bondade Humana e sentirei alguma felicidade pelo que contribui para todos os que me rodeiam.

Só assim poderei dizer que valeu a pena passar por cá!

quarta-feira, novembro 05, 2008

Finalmente Obama



Finalmente a América pode e deve mudar!
Tem de mudar!
Nada é eterno! Nem o Bem, nem o Mal!
A uma noite de terror que durou oito longos anos, deve-se seguir uma manhã afável, límpida e luminosa.
As trevas não podem ser eternas mesmo que daqui para a frente procurem (e vão seguramente procurar) toldar a luminosidade que tanto odeiam.
Sim, são mudanças radicais que a América se prepara de encetar para seu próprio bem.

Mas acima de tudo, essa mudança vai-se reflectir no bem de toda uma Humanidade que cansada das violências dos falcões, das traições dos chacais e da ganância dos abutres, pode respirar fundo e descansar com esperança num futuro mais justo e tolerante.

segunda-feira, novembro 03, 2008

Obama




Ganhe ou não, a verdade é que para Barack Obama já foi uma vitória o facto de ter chegado onde chegou.
Um negro, na terra da pena de morte, do Ku Klux Klan, do capitalismo selvagem e desumano, de tudo o que de mau, mas tambem de bom o mundo tem, conseguiu com a sua persistência, luta e vontade de vencer, ultrapassar barreiras até hoje impensáveis ao mais perspicaz ser humano.

É o Mundo que finalmente pode e deve mudar.

A partir de amanhã, caso Barack Obama ganhe as eleições nos EUA, tudo pode ser diferente e essa mudança dever-se-á a este homem.

A partir de amanhã o Mundo poderá suspirar de alívio depois de uma angústia e de um tormento de oito anos.

Que vença Barack Obama são os meus desejos!

Adeus a um amigo




Enterrem os meus ossos em Afife
No bravo jardim que me fez Homem
Pois quero ter (se os cardos também comem)
A sua fome por esquife

de Pedro Homem de Mello

Em honra a um amigo que para sempre partiu!
À memória de um companheiro cujas ideias sempre ou quase sempre corroborei.

Fica-me a saudade de um sorriso franco, de uma gargalhada contagiante, da uma provocação sempre dada na altura certa.

Descansa em Paz na tua doce, poética e sempre linda Vila de Afife que tão bem soubeste administrar e que tanto amavas.

à memória do meu amigo Manuel Vale, Presidente da Junta de Freguesia de Afife.